Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasCidadesAmop e Estado debatem projetos rurais e estruturais

Amop e Estado debatem projetos rurais e estruturais

Amop e Estado debatem projetos rurais e estruturais

O governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, realizou a quinta audiência pública do Plano Plurianual 2020-2023. O encontro foi na quinta-feira (29), em Cascavel, no auditório da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) e reuniu produtores rurais, lideranças do agronegócio e autoridades.
Na reunião foram apresentados dois programas. Um deles é Desenvolvimento Rural e Abastecimento com Sustentabilidade. O chefe do Núcleo Regional da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento Manoel Chaves mostrou que o programa visa um meio rural inovador, com oportunidades de renda, qualidade de vida e modelos de produção agrícolas sustentáveis, que agregam valor aos produtos e que promovem inclusão produtiva e social.
Na audiência, pedidos e sugestões relacionados com a área da agricultura e abastecimento foram entregues à equipe de governo. Questões como a do Sandro Gregório, que pediu a criação de conselho consultivo de governo com todos os segmentos e projeto para o desenvolvimento da região. João Matheus de Castro sugeriu uma plataforma para intermediar a venda de produtos gerados pelos pequenos produtores rurais.
O segundo programa apresentado na audiência em Cascavel foi Modernização da Infraestrutura do Paraná, que pretende otimizar a infraestrutura de transporte do Estado por meio de sua modernização e viabilização da integração multimodal de transporte, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico do Estado.
Alguns dos resultados esperados são manter as rodovias estaduais em boas condições de tráfego e ampliar a capacidade desta vias, proporcionando maior segurança aos usuários. A ampliação da malha rodoviária tem ainda o objetivo de aumentar o transporte de pessoas. Outro benefício das intervenções deve ser a atração de novos investimentos e a expansão dos já existentes.
Eduardo Cartaxo, chefe da Coordenação de Monitoramento e Avaliação da Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, destacou a metodologia e as etapas para a elaboração do PPA.”Já foram concluídas as duas primeiras etapas: consultas públicas e elaboração da Proposta do Plano Plurianual. Agora, na terceira etapa, as audiências públicas dão a oportunidade para que a sociedade organizada possa participar presencialmente no processo do planejamento do PPA?, explicou Cartaxo.
A formulação do PPA passará por mais duas etapas – a consolidação do documento no formato de Projeto de Lei e Aprovação do Plano Plurianual pela Assembleia Legislativa do Paraná. Também participaram da audiência o deputado estadual, Marcio Pacheco e o prefeito de Matelândia, Rineu Menoncin (Texerinha).

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br

feito com