Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasChico Brasileiro: as portas estão se abrindo para Foz em Brasília

Chico Brasileiro: as portas estão se abrindo para Foz em Brasília

Chico Brasileiro: as portas estão se abrindo para Foz em Brasília

“As portas novamente estão se abrindo em Brasília”, anunciou, em tom de expectativa, o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, ao relatar, ao secretariado, os resultados da recente viagem dele a Brasília. “Voltamos com o compromisso feito por vários Ministérios em priorizar os recursos para Foz do Iguaçu”, completou.
Mas, de acordo com Brasileiro, a retomada da capacidade de investimento federal passa pela superação de importantes desafios: a resolução urgente de uma lista de pendências em virtude das irregularidades do governo anterior, que atualmente representam os entraves para a captação de financiamentos públicos. “Há problemas em vários ministérios por conta do descumprimento legal nos trâmites de projetos”, comentou.
Um exemplo dos problemas encontrados é o bloqueio existente no Ministério da Educação, por conta da quadra inacabada da Escola Municipal Jorge Amado. Uma auditoria realizada pelo Governo Federal constatou fraudes na aplicação dos recursos repassados pelo Ministério. Esse bloqueio impede a liberação de novos recursos para cidade. “Vamos limpar a mancha deixada pelo governo anterior e resgatar a credibilidade com a mensagem de que Foz está sob um novo tempo”, enfatizou o gestor público.
Para mudar esta realidade, o prefeito traçou metas prioritárias aos secretários municipais e à Procuradoria tanto para resolução dos impasses junto ao Governo Federal quanto para fortalecer a capacidade de atrair recursos para Foz. “Vamos ampliar as visitas de cada secretaria à Brasília e aos ministérios para que estreitem relações, afinem os projetos junto às equipes técnicas e ampliem a capacidade de recursos para cidade”, exemplificou.
Credibilidade
De acordo com prefeito Chico Brasileiro, a retomada de credibilidade já começou. Vários fatores estão contribuindo para que isso aconteça. Foz do Iguaçu deixou de ser inadimplente junto ao sistema previdenciário, isso habilita o município a receber recursos federais.
Além disso, o município está honrando as dívidas herdadas do governo anterior com os Hospitais Municipal e Costa Cavalcanti. “Estamos honrando a TAC – Termo de Ajuste de Conduta – celebrado com o Ministério Público e pagando o parcelamento de cerca de R$32 milhões de dívidas do hospital municipal. Além disso, estamos pagando em dia o parcelamento da dívida restante de R$13 milhões com o HMCC, que iremos quitar ainda este ano”.

Rate This Article
Author

caio@iconeinternet.com.br

feito com