Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasDestaqueDeputados defendem reabertura da Estrada do Colono no Paraná

Deputados defendem reabertura da Estrada do Colono no Paraná

Deputados defendem reabertura da Estrada do Colono no Paraná

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, manifestou na terça-feira (6), durante reunião da Frente Parlamentar pela Reabertura da Estrada-Parque Caminho do Colono, composta por 24 deputados, sua convicção de que o novo quadro político brasileiro é favorável para tornar realidade uma demanda histórica do Oeste e do Sudoeste do Paraná – a reabertura da Estrada do Colono.
Traiano deixou claro seu apoio a causa e seu otimismo com as perspectivas atuais de que essa batalha, que mobiliza importantes setores do Paraná, seja agora vitoriosa.“Dou meu apoio integral a reabertura da Estrada do Colono. Acho que o momento é oportuno. Existe um sentimento diferente, do governo Federal com relação a questão ambiental, que nos abre a possibilidade de sonhar com uma estrada-parque, com todas as cautelas ambientais necessárias, entre Capanema, Serranópolis do Iguaçu e Medianeira. Essa estrada será uma importantíssima conquista para todo Oeste e Sudoeste e, também, para todo o Paraná que se beneficiará com um grande incremento no turismo, gerando emprego e renda”.
Para Traiano, o movimento pela abertura da Estrada do Colono já obteve importantes vitórias no Senado, onde sua tramitação está avançada. Mas é preciso ampliar ainda mais o leque de apoios. “Precisamos atrair o apoio e o engajamento do governador Ratinho Junior. Porque agora, afastada a questão ideológica, e o radicalismo ambiental, a reabertura da Estrada do Colono se tornou uma possibilidade real”, enfatizou o parlamentar, acrescentando que “conheço a estrada desde os anos 1980, quando fui prefeito de Santo Antônio do Sudoeste. O fechamento dela causou grande clamor do povo da região pela reabertura. A possibilidade de tratar deste assunto é muito oportuna, apesar de não ser fácil de ser equacionado. É preciso uma leitura completa, tanto econômica quanto ecológica, para levar o projeto adiante”.
A Estrada do Colono, com 17,8 quilômetros, foi aberta na década de 20 do Século passado, e tem uma trajetória conturbada. Apesar de crucial para a economia do Oeste e Sudoeste do Paraná (ela diminuiu de mais de 100 quilômetros a distância entre Capanema e Medianeira), foi fechada pela primeira vez em 1986, por pressão de ambientalistas. Reaberta à força em 1997 pela população, acabou fechada ‘definitivamente’ em 2003.
Marcel Micheletto
O deputado estadual, Marcel Micheletto, também defendeu a reabertura da Estrada do Colono. A posição voltou a ser defendida durante debate promovido pela Frente Parlamentar pela reabertura da Estrada-Parque Caminho do Colono.
Micheletto afirmou ser favorável a reabertura do trecho de 17 quilômetros que corta o Parque Nacional do Iguaçu ligando os municípios de Capanema e Serranópolis do Iguaçu, no Sudoeste do estado, como forma de preservar o meio ambiente e promover a interação da população entorno do parque. “Essa é uma discussão antiga, que meu saudoso pai Moacir Micheletto, já defendia quando era deputado federal e que hoje, volta a ganhar força. O projeto que meu pai defendeu e que queremos e a reabertura da estada do colono em formato de estrada parque, um modelo sustentável, que gere emprego e renda e principalmente respeite a questão ambiental, preservando a fauna e a flora”, frisou.
Em comum acordo, os deputados presentes definiram que duas audiências públicas (15 e 16 de agosto) serão realizadas, em Capanema e Medianeira, respectivamente, em uma parceria da Frente Parlamentar pela reabertura da Estrada-Parque Caminho do Colono e da Comissão de Direitos Humanos e da Cidadania. Ainda foi cogitada a ida dos membros da frente à Brasília em apoio a dois projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional e tratam da reabertura da estrada.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br