Jornal a Voz do paraná
HomeHomeSlider homeNilton Hang: o trabalho social da Havan é gratificante

Nilton Hang: o trabalho social da Havan é gratificante

Nilton Hang: o trabalho social da Havan é gratificante

Atencioso, simpático e super humilde pelo cargo que ocupa (diretor do Grupo). Ele não gosta de aparecer. Pelo contrário, é avesso a entrevistas e badalações. Isso, ele deixa para Luciano Hang, que sabe conduzir a tarefa com maestria até pela necessidade de se comunicar. Mas, como ninguém, ele conduz os trabalhos de bastidores com tanto conhecimento, tanta perfeição e propriedade, referentes a informações do Grupo Havan, que permite que seu primo e presidente do conglomerado Havan, possa ter à sua disposição todos os elementos e informações para desenvolver seu trabalho quando necessário, a exemplo, do dia 25 de novembro, quando ocorreu a inauguração da segunda Loja Havan, em Cascavel, atraindo para o evento cerca de 100 mil pessoas, fato reconhecido como único em toda a história da empresa.
Em contrapartida, Cascavel tem sido badalada e prestigiada pelos dirigentes da Havan, principalmente, com a instalação de sua segunda loja na cidade. O apoio de logística proporcionado por Nilton Hang aos eventos e ao Luciano Hang, seu primo, contribuem, decisivamente, para o sucesso, diminuindo, sensivelmente, os possíveis erros que possam ser cometidos nessas oportunidades e fazendo com que uma inauguração igual a de Cascavel possa ser sentida com toda naturalidade, apesar de ter passado pela loja a população de uma cidade de 100 mil habitantes em um final de semana.
A inauguração da loja de Cascavel, com suas instalações tomadas pelo enorme público, poderia ter trazido algum tipo de preocupação, mas a organização foi tão perfeita e impecável, que a impressão que passava era que o evento festivo simbolizava tudo menos uma inauguração de uma loja de departamentos. E o que é mais confortável e mais agradável do que ser informado meia hora depois da inauguração, por um de seus fornecedores, que determinada mercadoria já havia se esgotado? Nilton recebeu a notícia com muita naturalidade, certamente, acostumado com essas situações onde a Havan, em todas as suas 105 lojas, em diversos estados brasileiros, a reposição dos produtos é automática.
Segundo Nilton Lang, o modelo implantado pelo Grupo Havan para o funcionamento de suas lojas é tão perfeito que traz tranquilidade, satisfação e conforto tanto para os clientes, assim, como, para seus dirigentes.
Conheça um pouco mais do Grupo Havan e de Luciano Hang, por meio desta histórica entrevista concedida pelo diretor da empresa, Nilton Hang, ao diretor do jornal A Voz do Paraná, Elias Klaime, onde, entre outras coisas, Nilton fala da relação do Grupo Havan com a comunidade e a sua afinidade pelas ações sociais, assim, como, comenta sobre o futuro do Grupo e da receptividade do público com as Lojas Havan.
Nilton Lang fala também, em depoimento emocionante, sobre o seu relacionamento com o seu primo Luciano e o perfil do mega empresário, que é uma das mais gratas revelações empresariais dos últimos tempos no Brasil pela sua capacidade, determinação, pela sua visão empreendedora e pelo seu poder motivacional.
Leia, a seguir, a íntegra da entrevista:

Jornal A Voz do Paraná: Qual foi o ponto de partida para a inauguração de mais essa loja em Cascavel?
Nilton Hang: Já estamos há 10 anos com uma loja em Cascavel e nós queríamos abrir mais uma loja para que pudéssemos dar mais uma opção para a população cascavelense. Pelo grande número de clientes da cidade e da região, o espaço que nós já tínhamos era pequeno. Queríamos um espaço maior, onde pudéssemos colocar mercadoria e dar mais essa opção de compra para o cliente. Vamos ficar com dois espaços. A população de Cascavel é incrível, nos acolhe de braços abertos. Um povo que merece todo o nosso respeito, que merece todo o nosso carinho. É um povo que amamos. Para nós, é um grande prazer receber a população de Cascavel em mais um espaço pensado e projetado com muito amor.

Jornal A Voz do Paraná: Ao que você atribui o grande reconhecimento que a Havan tem junto aos seus clientes?
Nilton Hang: O povo merece que o Grupo Havan retribua esse reconhecimento por meio de bons produtos, de bons preços, de uma gama variada de uma mercadoria e de um bom atendimento. É isso que procuramos fazer sempre com a população de Cascavel, e de todas as cidades que temos lojas em todo o Brasil.

Jornal A Voz do Paraná: O investimento para a construção de uma loja não é baixo. O que leva vocês a acreditar e realizar esse investimento em uma cidade como Cascavel?
Nilton Hang: Cascavel é uma cidade polo, uma das cidades que mais cresce no Brasil, é uma cidade que graças ao empreendedorismo, uma cidade universitária, é uma cidade com uma cultura muito desenvolvida, uma cidade onde a prefeitura abraça o empreendedor, ela dá agilidade, faz tudo dentro da lei, mas com rapidez, porque sabe que agindo dessa forma, vai gerar emprego e terá o retorno também em impostos para a cidade. Isso é muito importante para todo empreendedor, além de facilidades. Que facilidades? Facilidade de trâmites rápidos de processos, de alvará. Essas questões a prefeitura realiza para o empreendedor. A Câmara de Vereadores tem um papel primordial em Cascavel, porque ela facilita, ela está junto com a prefeitura, eles esquecem problemas de política e todos trabalham em prol da sociedade. A imprensa também tem um papel primordial, porque enaltecem o empreendedor. A impressa tem um papel de chamariz, porque, por exemplo, uma cidade que tem uma impressa que só luta contra, ninguém vai para frente, ela fica com baixa autoestima. Em Cascavel, não temos esse problema, a imprensa está de parabéns, pois sempre está ao lado do empreendedor, ou melhor, estão sempre do lado do certo.

Jornal A Voz do Paraná: Qual é o segredo do crescimento da Havan?
Nilton Hang: Eu acredito que é buscar estar sempre do lado do cliente, do lado da população, estar sempre perto do cliente, dando facilidade para ele, facilidade de ter acesso à Havan e é isso que estamos fazendo em Cascavel. Dando mais facilidade para o cliente com duas lojas e quem sabe no futuro uma terceira loja. Você tem que dar facilidade de horário, estar aberto no momento que o cliente precisa, você não pode estar só até às 18 horas, você tem que estar aberto até mais tarde, porque a maioria da população trabalha durante o dia. A mulher, hoje, deixou de ser só dona de casa, ela trabalha fora também. Então, você tem que dá facilidade para que ela possa comprar em horários que não esteja trabalhando. Qual é o horário? É abrir até às 22 horas, é durante o sábado, é durante o domingo, como se faz no mundo todo. Nisso, sindicato laboral em Cascavel é fantástico, ele entende isso, ele faz acordo coletivo com o sindicato patronal e individual com muitos empreendedores, com isso, o sindicato está trazendo mais emprego para a cidade. Começo a existir aquela concorrência, o colaborador começa a ganhar mais, a Havan, por exemplo, paga para o seu colaborador participação de lucro. Quando ele trabalha no final de semana, ele folga dois, pagamos um ticket de almoço diferenciado, pagamos um valor a mais quando ele trabalha no final de semana, então, o sindicato é primordial nisso. A concorrência começa a ser tão grande que se ele não tiver contente em trabalhar na Havan ele vai trabalhar em outra empresa, porque ele sabe que o salário dele vai ser ótimo.

Jornal A Voz do Paraná: Quando você recebe a notícia de que determinada mercadoria acabou, qual é a primeira reação?
Nilton Hang: Com grande alegria, porque neste momento soubemos que realmente estamos vendendo mercadoria de qualidade por um bom preço, porque a população não se deixa enganar, a população quer qualidade aliada a bom preço. A população é muito inteligente, então ela não se deixa enganar.

Jornal A Voz do Paraná: Quantos empregos a Havan disponibilizou para a sociedade? E ao que se deve essa iniciativa?
Nilton Hang: Nós adoramos trabalhar, adoramos realizar e, sobretudo, gostamos muito de gerar emprego e renda à população. Hoje, são 12 mil colaboradores, era para estarmos terminando esse ano com 15 mil trabalhadores, mas, nesses últimos quatro anos, o nosso País teve essa crise econômica grande devido a um governo irresponsável. Nós ficamos muito triste com isso, deixamos de produzir, no mínimo, cinco novos postos de trabalho, mas agora, graças a Deus, estamos voltando com novas lojas, com novos investimentos e vamos buscar esses postos de trabalho em um futuro muito próximo.

Jornal A Voz do Paraná: Hoje, o reconhecimento que a Havan tem é enorme devido a tantos empregos e iniciativas. Como você se sente sabendo que faz parte desse reconhecimento que a Havan vem adquirindo, principalmente, pela população?
Nilton Hang: É um sentimento de realização, é o sentimento de saber que o seu trabalho está sendo reconhecido, que as pessoas entenderam aquilo que você quis dizer, que as pessoas estão felizes com o trabalho que você está fazendo. E isso te dá mais forças para continuar, para abrir mais lojas. Nós vamos abrir mais lojas esse ano ainda, estamos começando uma obra agora em Vilhena – Rondônia, estamos começando uma obra em Vitória da Conquista na Bahia e em Gaspar – Santa Catarina. Isso para que a gente consiga abrir mais 13 lojas no próximo ano. Então, essa realização é de ver que as pessoas estão te dando um feedback do que você está tendo um bom resultado e te dá mais pique de trabalho, abrir mais lojas e gerar mais postos de trabalho.

Jornal A Voz do Paraná: O que o Luciano Hang representa para você como profissional e pessoal?
Nilton Hang: É um cara fantástico, um dos maiores empreendedores desse País, uma pessoa que trabalha para ver a empresa se desenvolver cada vez mais, uma pessoa que nunca está cansado, sempre tem um sorriso para todo mundo, que sempre tem uma atenção para todo mundo, que adora abraçar as pessoas, é uma pessoa que adora fazer, que adora realizar e, acima de tudo, é uma pessoa muito humana, que faz um trabalho social fantástico por esse Brasil todo. Eu sou suspeito em falar, porque eu sou o primo dele, estamos sempre juntos, mas é uma pessoa que inspira todo mundo, inclusive, a mim.

Jornal A Voz do Paraná: Um grande diferencial que se sente na Havan é a identidade e seu relacionamento com a comunidade, ou seja, patrocina equipe de futebol, se relaciona com as associações, enfim, esse relacionamento é fruto da política empreendida pelo grupo?
Nilton Hang: O trabalho social que fazemos é como se fosse mais uma função nossa. É uma função que fazemos com empenho, cada vez mais participamos de obras sociais em todas as praças que temos, com associações de carência, com entidades que atendem pessoas especiais, é uma gama muito grande, que, muitas vezes, não divulgamos, mas é uma função que fazemos com muito prazer. Por que fazemos isso? Porque somos tão bem recebidos pela população que quando a pessoa está comprando um produto na Havan é justo que uma parte daquilo que está girando a compra, seja revertida para a coletividade e é isso que o que fazemos. E um desses trabalhos é o Troco Solidário, que não é a Havan que está dando, é o cliente que está dando, que conseguimos por meio da moedinha que ele deixa, onde recolhemos milhões por ano e ajudamos muitas obras de caridade que vivem dessa moeda que o nosso cliente doa.

Rate This Article
Author

caio@iconeinternet.com.br

feito com