Jornal a Voz do paraná
HomeHomeEntrevista homeParanhos: Cascavel torna-se referência nacional

Paranhos: Cascavel torna-se referência nacional

Paranhos: Cascavel torna-se referência nacional

“Deus nos dá tudo, desde a terra para o cultivo até a sabedoria para desenvolver os meios de tirar dela o melhor que ela pode nos oferecer. Este é o momento de refletir sobre as maravilhas que Ele nos proporciona, pois podemos ter a certeza de que há um Ser maior norteando toda esta beleza e a natureza de todos nós. E o Show Rural é isso: ele transcende a produção, pois traz a dimensão da valorização de tudo o que podemos criar e inovar”. As palavras são do prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, durante o Show Rural Coopavel 2019.
Digital e conectada com a inovação extrema, a feira deste ano confirmou o status de Cascavel como cidade inteligente. “É a tecnologia e a informação a serviço da evolução e do bem de toda a nossa gente”, acentuou Paranhos, ao destacar a presença de totem de informação e segurança instalado na entrada do parque, laboratórios de inovação nas mais diversas áreas, e estandes inéditos em um espaço de 2,8 mil metros com área de hackathon, vila de startups, uma carreta de negócios para que visitantes e empresas inovadoras do agronegócio troquem experiências e networking, visando à criação de novas ideias para a agropecuária do amanhã.
Em entrevista ao jornal A Voz do Paraná, Paranhos afirmou que, junto com a organização do Show Rural, Cascavel apresentou às autoridades “tudo aquilo que produzimos e o que significamos e, de forma muito respeitosa, apresentar as nossas necessidades”. E, segundo ele, “essa não é uma cobrança meramente política. Não! Estamos dizendo ao governo do Estado e ao governo Federal que queremos ajudar a resolver os nossos gargalos”, completando que “não queremos ficar em uma arquibancada cobrando e esperando as coisas acontecerem. O Oeste é uma região responsável, produtora e que quer continuar dando a contribuição. Então, governador, cada centavo que o senhor colocar em Cascavel será muito bem cuidado e vamos prestar contas de todos os milhões que forem colocados aqui”.
Leia, a seguir, a íntegra da entrevista:

Jornal A Voz do Paraná: Durante o Show Rural Coopavel, durante o discurso de autoridades, a participação de Cascavel no governo do Estado e a sua eficaz gestão frente à administração do município foram mencionadas. Como você avalia esse reconhecimento?
Paranhos:
Cascavel está muito bem representada no governo do Estado. De fato, nós tivemos a inserção de grandes nomes cascavelenses para compor o time do governador Ratinho Junior, o que é motivo de alegria, ao mesmo tempo, de muita responsabilidade. Indicar pessoas para participar de um governo, ainda mais de um governo dinâmico como nós entendemos que será o do governador Ratinho Junior. É muita responsabilidade. Ficamos felizes em participar desse governo e reforçarmos nosso entusiasmo em colaborar para o desenvolvimento. Se você vai fazer parte de um governo na tentativa de benefício próprio, é muito desastroso, o espírito tem que ser de doação. Você deixar sua casa, ir morar em Curitiba, é para se doar, para fazer algo diferente e, é claro, que queremos que as nossas representações possam garantir ainda mais desenvolvimento, não só à Cascavel, mas ao Oeste do Paraná. É um equilíbrio, se pensarmos, por exemplo, na região de Maringá, a Família Barros é extremamente dedicada a trazer recursos do governo Federal para serem investidos na região. É isso que nós precisamos, de pessoas que não tragam prejuízo aos demais, mas, garantir as nossas necessidades. Inclusive, nesse Show Rural, tomamos a decisão de apresentarmos todos os nossos pontos positivos, a nossa produção, o nosso lado bom, mas, também optamos por expor ao governador e sua equipe de trabalho as nossas necessidades. Combinei com o Dilvo Grolli e com todos os segmentos de Cascavel, pedi apoio e de forma muito respeitosa elencamos nossas prioridades e anseios. Se não apresentássemos os percalços, todos sairiam batendo palmas, alegres com o que viram, mas, não levariam as nossas necessidades. Com esse mesmo carinho que recebemos as nossas autoridades, tanto do Estado quanto da União, estamos enumerando e tratando dos gargalos não só da nossa, mas, de todo o País. Não queremos ficar em uma arquibancada cobrando e esperando as coisas acontecerem. O Oeste é uma região responsável, produtora e que quer continuar dando a contribuição. Então, governador, cada centavo que o senhor colocar em Cascavel será muito bem cuidado e vamos prestar contas de todos os milhões que forem colocados aqui.

Jornal A Voz do Paraná: Os secretários de Estado do Governo que visitaram o Show Rural, não cansaram de fazer elogios ao seu governo, muitos relataram estar impressionados com o que viram em Cascavel. Isso é fruto de que?
Paranhos:
É fruto do nosso trabalho, mas, eu sempre falo quando vou visita-los, vocês precisam ir à Cascavel, precisam ver as nossas flores nos canteiros, nossas ciclovias, porque eu acredito que temos que divulgar a nossa cidade. Os nossos filhos em casa, cometem alguns erros, mas, quando comentamos sobre eles, falamos: meu filho é o melhor do mundo. Eu quero criar essa cultura de falar o bem da nossa cidade, as coisas erradas e que precisam ser corrigidas. Com esse perfil, eu tenho sido o embaixador da cidade e sempre dizendo, venha nos visitar e ver o que temos feito e, claro, que eles veem a realidade e nos elogiam. Eu me sinto contemplado em ser o gestor deste município e o representante de todo a população.

Jornal A Voz do Paraná: O que você espera do governador Ratinho Junior?
Paranhos:
Eu espero que ele seja ele mesmo, o governador que ele é como ser humano, um homem sensível, que teve uma infância dura, mas, que hoje tem sua estabilidade. O Ratinho Junior não precisa de nada, o que ele precisa é expressar aquilo que ele recebeu do pai e da mãe, sentimento de justiça e igualdade. Eu espero isso dele, não precisa melhorar mais nada, ele precisa ser o que ele é.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br

feito com