Jornal a Voz do paraná
HomeHomeEntrevista homeParanhos faz balanço positivo do primeiro ano de gestão

Paranhos faz balanço positivo do primeiro ano de gestão

Paranhos faz balanço positivo do primeiro ano de gestão

Ao realizar um balanço do ano de 2017, o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, avalia de forma positiva o desempenho da administração no primeiro ano de governo. “Assumimos um município com extremas dificuldades, com muitas obras paradas ou abandonadas. Conseguimos retomar e concluir a grande maioria que dependia de recursos próprios. Já no início do ano determinamos um corte nos gastos e um combate rigoroso à corrupção e ao desperdício. Conseguimos uma economia acima de 30% nas licitações, que agora são transparentes, transmitidas pela internet. Isso nos deu fôlego e musculatura para manter e melhorar as políticas públicas”, enfatizou o chefe do Executivo.
Segundo Paranhos, diversas ações foram empreendidas neste primeiro ano de governo, procurando atender os anseios da população. “Avançamos em todas as áreas, mas eu acho que tivemos dois grandes destaques: saúde e educação. Nessas duas áreas, que estavam abandonadas por parte do poder público, conseguimos avançar muito, entregando novas unidades de saúde, reformando escolas e contratando novos profissionais”, comentou.
Outro fator marcante no primeiro ano de governo do prefeito Paranhos é a retomada de obras, que despertam nos cascavelenses a confiança em dias melhores. “ Apesar do pouco tempo e das circunstâncias, conseguimos fazer muito. E a população percebeu isso. Ela sabe o quando a saúde estava judiada. Ela sabe o quanto a educação estava abandonada. E sabe do nosso esforço para recuperar o tempo perdido e melhorar os serviços e as políticas públicas. Terminamos o ano bem, com recursos para investir, com obras licitadas e antecipamos o pagamento do décimo-terceiro”, ressaltou.
Em entrevista ao jornal A Voz do Paraná, Paranhos diz que “temos muitos projetos e uma boa parte deles já em andamento. Em 2018, faremos a tão esperada revitalização da Tito Muffato, obra esperada já pelo menos 20 anos. Vamos concretizar o sonho de ter um grande aeroporto, com um dos melhores terminais de passageiros do Paraná”.
Leia, a seguir, a íntegra da entrevista:

Jornal A Voz do Paraná – Qual é a sua avaliação sobre o governo municipal no ano de 2017?
Leonaldo Paranhos – A avaliação é muito positiva. Assumimos um município com extremas dificuldades, com muitas obras paradas ou abandonadas. Conseguimos retomar e concluir a grande maioria que dependia de recursos próprios. Já no início do ano determinamos um corte nos gastos e um combate rigoroso à corrupção e ao desperdício. Conseguimos uma economia acima de 30% nas licitações, que agora são transparentes, transmitidas pela internet. Isso nos deu fôlego e musculatura para manter e melhorar as políticas públicas. Um bom exemplo é o uniforme escolar. Fizemos duas licitações no mesmo ano. O uniforme de 2017, que nem tinha previsão orçamentária, entregamos em julho. E já compramos o uniforme para 2018, que será entregue no início do ano letivo. Já licitamos a obra de revitalização da Avenida Tito Muffato e estamos com o projeto do novo terminal do aeroporto adiantado. Na saúde avançamos muito, principalmente, na atenção básica. Assumimos com 23 equipes, das quais seis incompletas e hoje já chegamos em 40. E estamos fechando o ano com uma grande notícia: a aquisição do Hospital Jácomo Lunardelli. Apesar das dificuldades, foi um grande ano, com muito a comemorar.

Jornal A Voz do Paraná – A que se deve os bons momentos que o município vive?
Paranhos – A um conjunto de fatores, mas agora há uma conjugação de esforços do governo e da iniciativa privada. É perceptível que há confiança no governo e que a cidade vive um novo momento, de transparência e eficiência na gestão pública. Então, os empresários ficam confiantes para pagar seus tributos e fazer os investimentos. As pessoas acompanham a administração e sabem que os recursos públicos estão sendo bem investidos. Tanto que Cascavel foi a cidade que mais gerou empregos no Paraná em 2017. É a quarta melhor do estado para investimentos e está entre as 40 do país para negócios.

Jornal A Voz do Paraná – Em relação ao governo do Estado, ele tem correspondido às expectativas do município?
Paranhos – O governo do Estado tem sido um grande parceiro. Tenho uma excelente relação com o governador Beto Richa. Na primeira vez que nos visitou, no lançamento do nosso primeiro Território Cidadão, em fevereiro, Beto anunciou uma nova UPS para a região Sul, já inaugurada e mais um refeitório popular. Vamos fazer mais três. Também conseguimos recursos para o projeto da Tito Muffato, já licitada. E na saúde são diversos investimentos.

Jornal A Voz do Paraná – Neste ano, quais foram as áreas que tiveram destaque na sua gestão?
Paranhos – Avançamos em todas as áreas, mas eu acho que tivemos dois grandes destaques: saúde e educação. Nessas duas áreas, que estavam abandonadas por parte do poder público, conseguimos avançar muito, entregando novas unidades de saúde, reformando escolas e contratando novos profissionais.
Jornal A Voz do Paraná – Qual é o diferencial da atual administração de Cascavel?
Paranhos – A transparência e a eficiência na gestão. Com isso conseguimos economia e resultados que nos deram a condição de fazer investimentos importantes já no primeiro ano. E a humanização no atendimento às pessoas. Tenho cobrado muito isso. Nós, que somos servidores, precisamos olhar as pessoas com humanidade, no sentido de que é preciso ter respeito pelas pessoas e seus direitos.

Jornal A Voz do Paraná – O que a população pode esperar para o ano de 2018?
Paranhos – Muito trabalho e novas conquistas. Vamos avançar muito mais em todas as áreas, mas vamos continuar priorizando o que a população nos diz que é prioridade pra ela: saúde, educação e segurança pública. Não tenho dúvidas de que teremos um grande ano. Em 2017 gastamos energia retomando o que estava parado, abandonado e aprendendo o caminho, conhecendo a máquina, que é pesada e burocrática. Vamos andar mais rápido e fazer mais.

Jornal A Voz do Paraná – O que trouxe maior satisfação ao governo municipal no decorrer deste primeiro ano de mandato?
Paranhos – Saber que é possível fazer, que é possível atender as necessidades das pessoas, seja das mais humildes, nos bairros, seja dos empresários, que geram empregos. A satisfação de saber que a população foi compreensiva, que atendeu ao nosso apelo e nos ajuda a governar. A satisfação de que avançamos na saúde, melhoramos o atendimento. De que fizemos muito na educação em tão pouco tempo. A satisfação de olhar nos olhos dos cascavelenses e perceber que eles confiam no governo. Isso é o mais importante.

Jornal A Voz do Paraná – Mediante a atual situação do país e as dificuldades enfrentadas pelos municípios, quais foram as principais barreiras enfrentadas em Cascavel?
Paranhos – Se a economia do país não vai bem, nós sofremos, porque faltam recursos e os empresários não investem. Mas Cascavel sofreu menos do que o restante do país, porque aqui temos a força do agronegócio. Nosso principal problema continua sendo a burocracia. Como eu disse, a máquina é pesada e não permite que as coisas aconteçam na velocidade que gostaríamos. Por isso apresentamos uma reforma administrativa que vamos implantar em 2018. Para dar mais agilidade e eficiência. Já conseguimos transparência e economia. É hora de melhorarmos nossa eficiência.

Jornal A Voz do Paraná – Você está satisfeito com o primeiro ano deste mandato?
Paranhos – Muito! Apesar do pouco tempo e das circunstâncias, conseguimos fazer muito. E a população percebeu isso. Ela sabe o quando a saúde estava judiada. Ela sabe o quanto a educação estava abandonada. E sabe do nosso esforço para recuperar o tempo perdido e melhorar os serviços e as políticas públicas. Terminamos o ano bem, com recursos para investir, com obras licitadas e antecipamos o pagamento do décimo-terceiro.

Jornal A Voz do Paraná – Quais são os projetos futuros em obras e investimentos para o município?
Paranhos – Temos muitos projetos e uma boa parte deles já em andamento. Em 2018, faremos a tão esperada revitalização da Tito Muffato, obra esperada já pelo menos 20 anos. Vamos concretizar o sonho de ter um grande aeroporto, com um dos melhores terminais de passageiros do Paraná. Não vamos conseguir resolver o problema do vento. Essa é uma situação climática, que foge do nosso controle. Mas se tivermos aviões maiores, esse problema fica amenizado. Queremos avançar no projeto das parcerias público-privadas, as PPPs. Acho que o município deve priorizar saúde, educação e segurança. Não podemos e não devemos ficar gastando o dinheiro do contribuinte para manutenção de estádio, autódromo e outros espaços. Podemos muito bem manter e melhorar esses espaços em parcerias com a iniciativa privada.

Jornal A Voz do Paraná – O que foi realizado até agora corresponde às expectativas projetadas no Plano de Governo?
Paranhos – Fizemos o máximo possível e dentro das condições que tínhamos para cumprir o que projetamos. Veja como exemplo o programa do território cidadão. Já estamos no terceiro. E tivemos que vencer muita burocracia. No ano que vem teremos uma máquina mais ágil. Na saúde e educação fizemos mais. Ainda temos grandes desafios, mas estamos sendo fiéis ao compromisso que assumimos com a população durante as eleições.

Jornal A Voz do Paraná – Em um balanço geral de 2017, o que você diria sobre a atuação da equipe gestora?
Paranhos – Nossa equipe é muito boa. Assim como eu, todos tiveram que se adaptar a uma situação nova, que é governar uma cidade com muitas necessidades diferentes, expectativas e sonhos diferentes. Mas, tenho confiança na equipe. Com a reforma faremos pequenas mudanças; nada de muito impacto. A equipe é boa, comprometida e todos têm uma ótima relação no trabalho e fora dele.

Jornal A Voz do Paraná – Para finalizar, uma mensagem à população…
Paranhos – Mensagem de otimismo, de fé, de esperança, de confiança! Cascavel é uma bela cidade, com muitas potencialidades. E nossa gente é maravilhosa, trabalhadora e generosa. Eu tenho dito que precisamos celebrar a nossa cidade. Claro que temos coisas negativas e muito por fazer. Mas precisamos comemorar o que temos de bom. Vamos falar de coisas positivas. Isso ajuda a elevar nossa autoestima. Não vamos deixar de falar do que está errado, mas também é fundamental destacar o que está certo, o que é bom e positivo para a cidade. Viva Cascavel.

Rate This Article
Author

caio@iconeinternet.com.br

feito com