Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasDestaqueSala do Empreendedor de Tupãssi: dez anos de resultados

Sala do Empreendedor de Tupãssi: dez anos de resultados

Sala do Empreendedor de Tupãssi: dez anos de resultados

Desde a abertura da Sala, número de MEIs saltou significativamente no município do oeste do Paraná

Ione Bazote Occhi nasceu em Tupãssi e vive na cidade há 42 anos. Em 1998, com o objetivo de aumentar a renda da família, ela aceitou a proposta de uma amiga: pegou um conjunto delingerie com a missão de vender e, assim, se tornar uma revendedora. Aos poucos, o kit  deixou de ser suficiente. As vendas aumentaram e as clientes começaram a criar uma relação de confiança com Ione.

“Nessa época, as clientes me pediram para vender roupas também. Eu entendi que era uma boa oportunidade e comecei a trabalhar com confecções. No começo, eu vendia roupas em casa e levava produtos até os clientes, sempre na informalidade”, relembra Ione.

Com o crescimento da carteira de clientes, Ione, no entanto, passou a encontrar algumas dificuldades. A primeira delas foi no momento das compras: por não ter um CNPJ, ela não tinha entrada liberada em todos os shoppings e atacados de confecção. A partir deste e outros empecilhos vividos na informalidade, a empreendedora decidiu formalizar a atividade. Em 2011, formalizou o negócio e se tornou uma microempreendedora individual. Já no ano de 2014, Ione aumentou o faturamento, passou para o cadastro do Simples Nacional, hoje possui uma loja física na cidade e gera dois empregos.

“Estou muito bem. Minha empresa cresceu e sei que o apoio da Prefeitura e da Sala do Empreendedor foram essenciais para que isso pudesse acontecer”, conclui.

Em Tupãssi, Ione é um exemplo entre os mais de 7 mil empreendedores atendidos na Sala do Empreendedor desde a abertura, em julho de 2009, quando o município contava com pouco mais de 130 empresas formalizadas. Hoje, a Sala registra a formalização de 623 MEIs, 150 microempresas e 28 empresas de pequeno porte. Os números, segundo o consultor do Sebrae/PR, Adir Mattioni, comprovam a importância da Sala para os municípios.

“Tupãssi tem se destacado na atuação da Sala pelo número de formalizações que realizou durante dez anos de existência. Houve uma mudança drástica nas estatísticas do município, refletindo diretamente na qualidade de vida de toda a população, com aumento de renda e na arrecadação do município”, evidencia o consultor.

Diante dos resultados obtidos durante estes dez anos de atuação da Sala, Válter Martins, agente de desenvolvimento e chefe da Divisão de Indústria, Comércio, Turismo e Inovação Empresarial de Tupãssi, destaca a importância dos parceiros para que o trabalho seja bem sucedido.

“Trabalhamos em parceria com contadores locais, cooperativas de crédito, Garantioeste (Sociedade de Garantida de Crédito do Oeste do Paraná), Câmara Municipal, Prefeitura e Sebrae/PR, nosso maior parceiro, que não mede esforços para nos ajudar”, enumera.

Números

Desde 2009, a Sala do Empreendedor de Tupãssi alcançou marcas inéditas no quesito crescimento, empreendedorismo e competitividade. Em 2015, por exemplo, foram realizados 6.238 atendimentos e só neste primeiro semestre de 2019, o número já ultrapassou a marca dos 7 mil. Além disso, no tocante à geração de empregos pelas micro e pequenas empresas, o número saltou de 977 empregos gerados em 2010 para 1.352 em 2018. Resultados que, segundo Martins, são provindos da conscientização e da formalização de quase todos os negócios da cidade.

“Quando aparece um novo empreendedor, comentamos sobre a necessidade de realizar um estudo do mercado, fazer um plano de negócio, investir em marketing, buscar aconselhamento financeiro e acompanhar de perto o desenvolvimento do negócio. Com isso, a informalidade hoje, é quase zero. A conscientização é constante e há o contato do fiscal tributário com empresas ilegais fazendo a notificação”, conta Válter.

De 2009 até junho de 2019, a Sala do Empreendedor de Tupãssi realizou 61 atendimentos para a formulação de planos de negócios; quatro rodadas de negócios com 62 empresários participantes e mais de 50 eventos entre palestras, workshops e seminários com mais de três mil participantes. Até o fim do ano, a programação da Sala contemplará palestras, rodadas de negócios e seminários, além de consultorias mensais com consultores do Sebrae/PR. Para saber mais sobre o cronograma, basta entrar em contato pelo telefone (44) 3544-1291.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br

feito com