Jornal a Voz do paraná
HomeHomeCidade homeToledo tem mais um caso descartado e mais três casos suspeitos de Coronavírus

Toledo tem mais um caso descartado e mais três casos suspeitos de Coronavírus

Toledo tem mais um caso descartado e mais três casos suspeitos de Coronavírus

Após a divulgação do boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), a coordenação do Centro de Operações de Emergência (COE) atualizou na tarde desta terça-feira (24) a situação epidemiológica do município em relação ao Coronavírus. Ao todo foram registrados 18 casos notificados até o momento. Destes, três já foram descartados e 15 ainda aguardam resultado de exames.

O caso descartado neste último boletim foi de uma mulher de 38 anos. Mesmo quando o caso de Coronavírus é descartado, a pessoa mantém o isolamento por sete dias. Os três casos que entraram no boletim como suspeitos são de mulheres, uma com 32 e duas com 35 anos, todas com histórico de viagens dentro do território nacional, sendo que uma delas teve contato com um estrangeiro com sintomas de tosse.

Dengue Mata: A prevenção não pode parar
Diante da pandemia que todo o mundo tem sofrido, o município também enfrenta a epidemia de Dengue, que nesses dias de quarentena e preocupação com o novo vírus, o Covid-19, não pode ser esquecida. Os números atualizados mostram que estão notificados até esta terça-feira (24) 1783 casos, destes 1496 autóctones, 46 importados, 115 negativos e 126 suspeitas esperando resultado.

No último sábado (21), foram registrados dois óbitos em Toledo, o boletim informativo foi postado no Facebook da prefeitura de Toledo. O Dr. Fernando, porta voz do município, passou as notícias atualizadas. “Infelizmente nessa semana tivemos duas situações de óbitos. A primeira de uma senhora idosa e um senhor idoso. A suspeita de dengue não foi confirmada, a Secretaria Estadual de Saúde está fazendo a investigação e deverá após análise confirmar, ou não, tal suspeita. Portanto registrados dois óbitos por conta da suspeita de dengue em Toledo”, disse o porta voz.

Os agentes de endemias continuam os trabalhos de vigilância nos bairros, pois a situação da dengue no município é preocupante para a saúde da população. Aproveite a quarentena para ficar em casa e além de lavar as mãos, fazer a higienização das residências, eliminem os focos do mosquito da dengue, cuidando dos quintais, vasos de planta, caixas d’água, calhas, potes de água dos animais domésticos, vasos sanitários, todo e qualquer recipiente que possa acumular água.

O cuidado contínuo com a dengue auxilia na diminuição de pessoas doentes em hospitais, reforçando a tratativa decretada para evitar aglomerações, que até o momento, é a melhor forma de prevenir a proliferação do novo vírus. Eliminar os criadouros do mosquito, também evitará novos casos de dengue no município.

Prevenção
“Reiteramos de maneira muito enfática a necessidade de ficar em casa, evitar circulação para que com a chegada do coronavírus no município, tenhamos uma menor taxa de infecção da nossa população”. Essa é a medida de segurança mais eficaz contra o vírus explica a Secretária da Saúde, Denise Liell.

Rate This Article
feito com