Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasEducaçãoUnioeste lança Concurso Vestibular 2020

Unioeste lança Concurso Vestibular 2020

Unioeste lança Concurso Vestibular 2020

A Reitoria da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), foi palco na quinta-feira (29), do Lançamento do Concurso Vestibular 2020. As inscrições seguem até o dia 10 de outubro e devem ser realizadas exclusivamente pelo site http://unioeste.br/vestibular. Para este concurso, a Unioeste oferece no 1230 vagas que são distribuídas para os 65 cursos presenciais. As provas ocorrem no dia primeiro de dezembro.

Na cerimônia de lançamento do Vestibular, o reitor da Unioeste, Paulo Sérgio Wolff, enfatiza a importância do trabalho social que a Universidade traz para o contexto regional. “É um desenvolvimento do todo. Envolve o trabalho em equipe de todos para a execução do Vestibular, o envolvimento dos alunos para saber o que devemos melhorar para melhor atendê-los, buscando sempre uma maior qualidade de ensino para o aluno paranaense. Não só na área de formação dos nossos alunos, mas todos os programas de pós e de pesquisas têm sido realizados a fim do desenvolvimento regional. Nossa região tem abrangência de 84 municípios e precisamos agregar valor, apoiando pesquisas e auxiliando a sociedade, até mesmo por meio do Hospital Universitário, que atende toda a região Oeste e Sudoeste”, frisou.

Na oportunidade, o diretor de Concurso Vestibular, Paulo Renan Effgen, ressalta que o processo do Concurso Vestibular é um ciclo quase infinito, onde um termina e logo o outro começa. “No ano passado, começamos a planejar o vestibular desse ano, e claramente as expectativas são as melhores. Procuramos facilitar o que podemos, deixamos as provas em um dia só para que possa abranger mais pessoas, trouxemos diferentes formas de pagamentos, além da isenção para os que tem a dispensa, tudo para expandir as fronteiras da Universidade”, comentou.

A pró-reitora de Graduação, professora Elenita Manchope, salienta o compromisso da universidade em proporcionar a oportunidade para os jovens da educação básica. “Buscamos ter uma plena ocupação das vagas, somos uma Universidade pública que investe no jovem. As mudanças no concurso vestibular nos últimos anos têm trazido o sucesso no nosso intuito, pois no ano passado tivemos a melhor ocupação das vagas, sendo de 97% num contexto geral, chegando até 100% em alguns campi”.

O vestibular

Nesse ano, o vestibular traz duas novidades: um valor menor (R$ 157,00) para quem fizer a inscrição antecipadamente (até dia 23 de setembro), e a possibilidade de pagamento da taxa de inscrição padrão (R$ 170,00) com cartão de crédito, podendo ser parcelada em até duas vezes. O coordenador do Vestibular, Paulo Renan Effgen, esclarece que “até o dia 10 de outubro, o valor de R$ 170,00 pode ser pago tanto nas casas lotéricas, como nas agências da Caixa Econômica Federal, além permitir o parcelamento em até duas vezes no cartão de crédito. Porém, para quem puder, até o dia 23 de setembro é possível pagar uma taxa menor, no valor de R$ 157,00, mas nesse caso, não é possível pagar com cartão de crédito, apenas nas lotéricas e Caixa”.

Agora, para quem pretende requerer a isenção da taxa de inscrição do vestibular, o procedimento é o mesmo dos anos anteriores. Basta apenas informar o NIS (Número de Identificação Social) durante o preenchimento do formulário de inscrição e, se o cadastro for considerado válido no CadÚnico, o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, a isenção será concedida. No ano passado, aproximadamente mil alunos foram isentos da taxa de pagamento.

O período para solicitação de isenção iniciará com às inscrições e se estenderá apenas até às 17 horas do dia 15 de setembro. O coordenador ressalta que “o resultado será publicado no dia seguinte para que, aqueles que não obtiverem a isenção, tenham tempo hábil para realizar o pagamento da taxa com o valor reduzido”.

Durante o processo de inscrição, vale lembrar que os vestibulandos devem escolher entre inglês ou espanhol como prova para a Língua Estrangeira. No entanto, para os cursos que tenham uma língua estrangeira como matéria específica do curso, é obrigatório realizar a prova nessa língua.

Além disso, o candidato deverá escolher a cidade onde deseja realizar a prova. Elas serão aplicadas nas cidades-sede da Unioeste: Cascavel, Toledo, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão e Marechal Cândido Rondon, e também em Curitiba e Maringá. É importante ressaltar que o candidato pode escolher qualquer cidade de prova independente do campus de funcionamento do curso escolhido.

Renan explicou também que, apesar da aplicação de provas fora de cidades-sede, algumas situações permanecem concentradas nelas, como é o caso da Banca Especial. “Devido às suas características muito peculiares e a demanda por profissionais capacitados pela Unioeste, a banca especial será aplicada somente nas cidades-sede, ou seja, é importante ressaltar que não haverá constituição de banca especial nas cidades de Curitiba e Maringá”.

A Prova

A prova do Vestibular tem 77 questões, sendo 7 questões de cada uma das matérias, e uma prova de redação. O conteúdo tem como base o currículo do Ensino Médio, sendo sete questões de cada matéria, nas áreas de Linguagens, códigos e suas tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura Brasileira, Línguas Estrangeira Moderna e Redação); Ciências Humanas e suas tecnologias (Filosofia, Geografia, História e Sociologia); e Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias (Biologia, Física, Matemática e Química).

No domingo (01/12), o acesso aos locais de provas será das 7h40 até às 8h10 no período da manhã, onde realizarão a prova de Redação e 21 questões da área de Linguagens. O tempo de prova será de três horas.

Durante a tarde, o período de prova será de quatro horas onde os candidatos farão questões das demais áreas, totalizando assim 56 questões. Os portões estarão abertos das 14h10 até 14h40.

Todo o conteúdo programático e obras literárias podem ser acessados no site da Unioeste: www.unioeste.br

Em um trabalho desenvolvido por professores e acadêmicos da Unioeste, em parceria com a TV Imago, foram elaboradas videoaulas sobre as Obras Literárias do Vestibular da Unioeste, disponível no site da Tv Imago: www.imagotvunioeste.com.

Pontuação

Nas matérias específicas do curso, ao invés de 14 pontos, cada questão vale 36 pontos. Ou seja, das questões das 11 matérias, o número de acerto nas questões de 9 matérias serão multiplicados por 14 e nas duas matérias específicas a multiplicação será por 36. As matérias específicas de cada curso estão disponíveis no menu Cursos, na página do Vestibular.

A nota da redação é aplicada pela banca de correção e poderá variar de 0 a 60. Sobre essa nota, será aplicado o peso de 6,9 pontos, o que poderá totalizar até 414 (quatrocentos e quatorze) pontos.

O total possível de pontuação no Vestibular é de 1.800 (mil e oitocentos) pontos. Cada questão vale 14 pontos e não há possibilidade de resposta ou valoração parcial.

Sisu

Conforme tem sido nos últimos anos, 50% das vagas da Unioeste são reservadas para ingressos via Sisu. O Sistema de Seleção Unificada é uma seleção gerenciada pelo Ministério da Educação que utiliza às notas que o candidato obteve no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), portanto, para inscrever-se no Sisu, é obrigatório ter participado da edição do Enem que o antecede.

O site do Sisu nacional é http://sisu.mec.gov.br e, na Unioeste, o site local do Sisu é www.unioeste.br/sisu.

Vestibular x Sisu

O Vestibular não utiliza a nota do Enem assim como o Sisu não utiliza a nota do Vestibular. Cada seleção é independente e seu resultado é de acordo com o desempenho e a classificação do candidato na respectiva seleção.

Não há necessidade de participação do Enem ou do Sisu para aqueles que tem interesse apenas em participar do Vestibular, da mesma forma que não é exigida a participação no Vestibular daqueles que optarem apenas pelo ingresso via Sisu.

Além disso, se restarem vagas não preenchidas, mesmo após convocados todos os classificados do curso, é possível que a nota da redação (obtida tanto no Vestibular quanto no Enem) seja utilizada como critério de seleção para preenchimento dessas vagas pelo Provare (www.unioeste.br/provare).

A inscrição para o Vestibular ou Sisu deve ser realizada no site indicado para cada um desses processos seletivos e é responsabilidade do candidato atender os requisitos para participação nessas seleções.

Cotas

Cinquenta por cento das vagas são reservadas. As demais vagas são para ampla concorrência. É considerado cotista aquele candidato que realizou seus estudos de todo o Ensino Médio, exclusivamente, em escola pública do Brasil e que não tenha curso de graduação concluído.

Não é considerado cotista o candidato que tenha cursado qualquer período do Ensino Médio em escola privada mesmo que tenha sido por meio de bolsa de qualquer natureza.

Essa regra prevalece tanto no Vestibular quanto no Sisu.

Estacionamento da Reitoria

Na ocasião o reitor da Unioeste, professor Paulo Sérgio Wolff, também anunciou a liberação do novo estacionamento da Reitoria, que conta com 85 vagas em um espaço de 4165 m². O novo espaço passou atender boa parte da comunidade acadêmica da Instituição e seus visitantes. A obra foi construída com apoio da própria Unioeste e da SETI – Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O orçamento foi de aproximadamente R$ 461.700,00.

O reitor Paulo Sérgio Wolff destacou ainda importância desse novo ambiente, não só para a maior comodidade para os servidores da Unioeste, mas também a área verde que irá aproximar cada vez mais os funcionários da Universidade. “Teve o processo licitatório, a construção, e hoje reabrimos o estacionamento. Ficamos algum tempo com o estacionamento fechado, mas, agora, temos outras novas vagas na Reitoria. É um trabalho lindo do pessoal do setor de Obras”.

De acordo com o diretor de Planejamento Físico da Assessoria de Obras da Universidade Estadual do Oeste Paraná (Unioeste), Paulo Henrique Gris, dentre essas 85 vagas, 79 são reservadas para carros e seis para motos, além das 4 reservadas para idosos e portadores de necessidades especiais. Ainda há uma área reservada para cargas e descargas em frente ao portão da Gráfica Universitária. Esse espaço também poderá ser utilizado como estacionamento regular em casos que for necessário, podendo abranger até 30 vagas. Anexo ao estacionamento também tem um Centro de Convivência, com bancos, arborizações, buscando aproximar os servidores e trazer um maior conforto.

O novo estacionamento conta com luminárias de tecnologia LED, com sistema de gestão, trazendo uma maior economia. “Conseguimos gerenciar, a hora que vai ligar e desligar, a intensidade, programar horários e a capacidade, tudo é automatizado”, explicou.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br

feito com