Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasArquitetura e DecoraçãoArtista plástica autodidata realiza exposição em Cascavel

Artista plástica autodidata realiza exposição em Cascavel

Artista plástica autodidata realiza exposição em Cascavel

Decidir trabalhar com arte não é uma tarefa fácil. Ainda mais num país em que a arte e a cultura podem ser consideradas artigos de luxo ou até mesmo supérfluos por muitas pessoas. Mas contrariando os obstáculos e dificuldades que se colocaram pelo caminho, a artista plástica, Sila Lima resolveu apostar naquilo que realmente fazia o seu coração vibrar.

Filha de uma também artista plástica, Sila teve desde pequena uma inclinação especial pelo mundo das artes. Sua busca por esse universo iniciou por volta dos cinco anos de idade e de lá para cá a sua formação foi totalmente autodidata. Porém, antes de se firmar como profissional, trabalhou por muito tempo com marketing. Sua facilidade com o mundo da comunicação a levou a cursar Publicidade e Propaganda, e ainda investir na pós-graduação e MBA na mesma área.

Num momento de autoanálise e busca interior, resolveu fazer uma viagem de autoconhecimento e optou pela instigante Route 66, uma tradicional rodovia norte-americana que atravessa os Estados Unidos de leste a oeste e tem quase quatro mil quilômetros de extensão. Na volta tinha certeza do que queria fazer: dar vazão a sua criatividade por meio da criação de obras de arte.

Tendo sua arte pautada pelo abstrato e pelo sensorial, seu trabalho artístico baseia-se na total ausência de formas buscando significância nos contrastes, nas texturas, nas cores e graus de fluidez encontrados nas diferentes tintas que usa, quase sempre incompatíveis entre si. “É um trabalho instintivo, visceral e orgânico”, destaca a artista, que desenvolveu também uma técnica muito particular com o uso de muitas cores, texturas e volumetria”, contou a artista plástica.

OBRAS
Mas suas obras não se resumem a pintura em tela. Sila transita livremente pelo mundo da photoart e mais recentemente vem arriscando uns passos pelo universo das esculturas e instalações. Seu mais novo trabalho é uma releitura em torno do consumismo e dos exageros da sociedade moderna buscando por materiais e inspiração em ferros-velhos, demolidoras e até mesmo caçambas de descarte nas ruas. “Hoje, meu trabalho reflete um desejo de dar outra finalidade para aquilo que foi considerado retalho, sobra, entulho, enfim, peças em desuso. É um novo olhar para aquilo que foi descartado ressaltando todo o seu potencial estético”, explica. Esse trabalho vem sendo desenvolvido em parceria com o arquiteto Guilherme Albuquerque, com que assina as Instalações DeskARTE.

Atualmente, a artista está com a exposição “Compilação” em Cascavel, que faz um resgate da sua obra. Além disso, a artista participou recentemente das mostras de decoração Casa Cor Paraná e Santa Cantarina com obras que englobam pinturas em tela, photoarts e instalações.

Radicada em Curitiba, Sila continua atuando de forma multidisciplinar, desenvolvendo projetos que oferecem arte em suas mais diversas possibilidades, incluindo fotografia, customizações de ambientes, móveis e objetos, pintura em tela, intervenções artísticas, entre outros.

Rate This Article
Author

notificacao@agenciacaos.com