Jornal a Voz do paraná
HomeHomeAgronegócio homeCopacol inicia exportação de tilápia resfriada aos Estados Unidos

Copacol inicia exportação de tilápia resfriada aos Estados Unidos

Copacol inicia exportação de tilápia resfriada aos Estados Unidos

Considerada a maior produtora de tilápias da América Latina, a Copacol avança na conquista de novos mercados e agora inicia a exportação de filés resfriados para os Estados Unidos.

A terceira carga do produto será transportada na próxima semana até Miami, onde chega até redes supermercadistas. Os embarques são semanais com metas de crescimento.

Na quinta-feira passada, os clientes norte americanos receberam a segunda remessa de filés de tilápia Copacol. “Iniciamos a exportação, com excelente aceitação do nosso produto. A exportação do nosso filé de tilápia proporciona ao nosso cooperado melhores oportunidades para o futuro”, afirma o presidente da Copacol, Valter Pitol.

Em apenas 48 horas, após o abate na unidade industrial, o filé já está disponível aos consumidores nos supermercados norte-americanos. “Esse é um passo importante na conquista pelo mercado externo. Já possuímos uma atuação consolidada em todo o Brasil, devido nossa qualidade e sabor, e agora alcançamos novos patamares valorizando ainda mais a marca Copacol, que já atua com outros produtos em mais de 60 países”, ressalta Valdemir Paulino dos Santos, superintendente comercial Copacol.

Certificação
A certificação Best Aquaculture Practices (BAP) que assegura as boas práticas de aquicultura, na unidade industrial, torna-se um diferencial da Cooperativa no mercado externo. Para obter o reconhecimento houve a comprovação do compromisso da empresa com o meio ambiente, a integridade social, a saúde do animal e do consumidor.

A certificação BAP é voltada exclusivamente para produção aquícola e pode ser realizada na produção no campo, fábricas de rações, incubatórios e plantas de processamento. No Brasil a Copacol é a primeira planta de processamento a ser certificada entre as cooperativas.

“Passamos por um longo período de estudo de mercado e concorrência, adequação de produção e ajuste logístico para chegarmos até este momento. A certificação BAP possibilitou nossa entrada no mercado externo”, explica Genézio Clemente Junior, gerente de comércio exterior Copacol.

Satisfação
Os rigorosos controles de qualidade desde a produção, passando pela industrialização até a comercialização são apontados como fatores determinantes pela escolha da marca Copacol.

“Buscamos um parceiro a longo prazo que nos ofereça um produto de qualidade e em grande volume. Identificamos nas visitas feitas a Copacol os critérios exigidos. Além disso, a empresa é rápida e eficaz no processo de produção, mantendo sempre o alto padrão do produto”, diz Yanic Bertini Anieri, representante da empresa parceira da Copacol.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br