Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasEducaçãoDoenças cardiovasculares são temas de palestras no Centro FAG

Doenças cardiovasculares são temas de palestras no Centro FAG

Doenças cardiovasculares são temas de palestras no Centro FAG

Cardiologistas e acadêmicos de Medicina se reuniram na sexta-feira (5), e no sábado (6) para o “Encontro com Especialistas em Tratamento Endovascular de Doenças Cardiovasculares”. O evento foi organizado pela Liga Acadêmica de Cardiologia do Oeste do Paraná e pelo Centro Acadêmico de Medicina Rui Almeida, do Centro FAG, e teve como principal objetivo compartilhar, com os acadêmicos e profissionais presentes no debate, os novos recursos e as novas tecnologias na cirurgia cardiovascular. Na sexta-feira (5), a programação foi marcada por apresentações, mesa-redonda e conferência. No sábado, a programação continuou com duas mesas redondas e uma conferência.
Segundo o Dr. Rui Almeida, coordenador do curso de Medicina do Centro FAG, a parte científica foi organizada por ele e outros médicos. “Nós conseguimos convidar pessoas influentes da Medicina para estarem aqui pra poder levar uma contribuição que é uma melhoria de aprendizado dos alunos e dos profissionais”, destacou.
O novo procedimento de cirurgia cardiovascular, a cirurgia endovascular, foi realizada na manhã de sexta-feira (5), no Hospital São Lucas, pelo cardiologista Dr Eduardo Saad. No encontro, ele aproveitou a oportunidade para falar sobre a intervenção. “Esse é um momento para discutir os principais avanços em procedimentos minimamente invasivos na área cardiovascular. Então hoje, a maneira de ser menos invasivo é navegar pelo interior dos vasos sanguíneos. Através de uma simples punção na artéria femoral, nós conseguimos chegar a qualquer ponto do coração e de vasos sanguíneos, esse é o que chamamos de cirurgia endovascular”, explicou. Segundo o Dr. Saad, o Hospital São Lucas está preparado para esse tipo de intervenção, “o hospital tem uma sala cirúrgica híbrida onde nós temos as melhores condições de imagens associadas aos melhores procedimentos cirúrgicos, a intervenção realizada numa senhora hoje pela manhã foi tratada através de um implante de uma válvula pela virilha sem cortes”, revelou.
No sábado (6), aconteceram mesas-redondas e uma conferência esmiuçando o assunto. O cardiologista intervencionista, Fábio Augusto Selig, veio de Curitiba para o encontro e falou sobre Defeitos Cardíacos do Nascimento. O especialista alertou que o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento. “Infelizmente, hoje ainda nascem muitas crianças que têm o problema e acabam ficando sem diagnóstico, o que às vezes acontece apenas na vida adulta. Muitos desses pacientes precisando de um tratamento que seja cada vez menos invasivo e cada vez mais eficiente”, pontua o profissional.

Rate This Article
Author

notificacao@agenciacaos.com