Jornal a Voz do paraná
HomeHomeCidade homeFamílias de 18 municípios recebem casas construídas por Itaipu

Famílias de 18 municípios recebem casas construídas por Itaipu

Famílias de 18 municípios recebem casas construídas por Itaipu

Vinte famílias que viviam em situação de vulnerabilidade social em São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Paraná, mudaram nesta quinta-feira (30) para novas moradias na cidade. Elas residiam em uma área de risco no município e receberam as casas populares sem precisar gastar nada.

A Itaipu investiu R$ 1,3 milhão no projeto, que também contou com a participação do Governo do Estado e da Prefeitura de São Miguel do Iguaçu.

Os terrenos foram doados pelo município, que também contribuiu com a isenção de taxas e impostos municipais para os moradores, como o IPTU. Também estão previstas pela prefeitura obras de infraestrutura a serem realizadas nos próximos meses, como calçamento e pavimentação, para atender a necessidade da comunidade.

Na avaliação do prefeito de São Miguel do Iguaçu, Claudiomiro Dutra, a parceria com o Governo do Estado e a Itaipu foram fundamentais para a promoção da inclusão social das 20 famílias, além de ser um incentivo à economia local.

“São pessoas que moravam na beira da estrada, e que a partir de agora terão qualidade de vida melhor e até mais saúde”, declarou. “Temos ainda a geração de emprego nas obras, além de mais dinheiro circulando na cidade com a compra de material e o investimento das próprias famílias nas suas moradias”, concluiu.

Municípios
O convênio da Cohapar com a Itaipu Binacional envolve a construção de conjuntos habitacionais em 18 municípios das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná. Os investimentos somam quase R$ 20 milhões em recursos da usina para o atendimento de 365 famílias em situação de vulnerabilidade social indicadas pelas prefeituras.

A chefe do escritório regional da Cohapar, Lucilei Marchiori, explicou que os municípios contemplados têm autonomia para definir o público a ser atendido. “Com estes investimentos, a Prefeitura de São Miguel do Iguaçu procurou a ajuda do Governo do Estado e realizou uma triagem, priorizando o atendimento destas famílias, que estavam em situação de risco social, sem condições sanitárias e de segurança básicas onde elas moravam”, afirma.

Foto: Prefeitura São Miguel

 

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br