Jornal a Voz do paraná
HomeNoticiasCidadesGoverno libera R$ 168 milhões para a saúde, o maior pacote de recursos do ano

Governo libera R$ 168 milhões para a saúde, o maior pacote de recursos do ano

Governo libera R$ 168 milhões para a saúde, o maior pacote de recursos do ano

Para fechar o ano, o Governo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), autorizou nesta quarta-feira (11), em cerimônia no Palácio Iguaçu, a liberação de R$ 168 milhões em investimentos que beneficiam 297 municípios paranaenses na área da saúde. É o maior pacote financeiro do ano.

Os recursos irão contemplar a ampliação da frota em transporte sanitário, aquisição de ambulâncias, vans, carros, microônibus, equipamentos, compra de kits de assistência de serviço de fisioterapia, reforma de hospitais municipais, além de reforma, ampliação e construção de unidades básicas de saúde. Parte dos recursos são também resultado das emendas parlamentares.

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior destacou que os recursos fazem parte do compromisso de regionalização da saúde. “A saúde é uma das grandes preocupações do Estado, temos o dever de fazer com que ela fique mais próxima das pessoas, por isso nós estamos potencializando os hospitais regionais, filantrópicos e Santas Casas. Hoje cerca de 80% dos municípios paranaenses serão contemplados com investimentos em diversas áreas da saúde. A ideia é poder cada vez mais fortalecer o atendimento regional”.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, a meta do Governo é qualificar e melhorar os serviços em todos os municípios do Estado. “É o compromisso do governador levar ações de saúde, obras e equipamentos para todas as regiões do Paraná. Hoje é assinado aqui a liberação de recursos para quase 300 municípios de um total de 399. São ações estruturantes, reformas, novas unidades básicas de saúde, equipamentos, isso tudo é o compromisso do governador com a regionalização da saúde, é olhar para todo Estado para que as pessoas possam, através de serviços estruturados, receber a saúde mais próximo da sua casa”, disse.

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, falou da importância do investimento para desafogar as filas e agilizar o atendimento à saúde na região. “Maringá receberá cerca de R$ 10 milhões em recursos para construção e reforma de unidades básicas de saúde, além de consultas especializadas, exames e cirurgias. Isso faz com haja uma diminuição na fila existente e as pessoas tenham acesso a saúde no momento que mais precisam”.

168 milhõesREGIONALIZAÇÃO

O maior objetivo do Governo é a regionalização dos serviços. Todos os repasses são pensados com apoio dos deputados estaduais, que por meio da devolução de recursos para o Estado, auxiliam no direcionamento das emendas.

Para o município de Salgado Filho, o consultório odontológico é o que faltava para atender a demanda. “Muitas vezes os recursos que vem aos municípios são engessados e acabam não atendendo diretamente aquilo que cada um precisa. Neste momento a necessidade para nós é exatamente o que iremos receber, o consultório odontológico. Parabenizo ao secretário Beto Preto por fazer com que a regionalização seja cada dia mais a realidade dos municípios”, destacou o prefeito, Helton Pedro Pfeifer.

EQUIPAMENTOS E OBRAS

Os investimentos contemplam a compra de kits de assistência de serviço de fisioterapia, aparelhos de ultrassom, cardiotocógrafos e amnioscópios (para monitoramento das gestações), oftalmoscópios (para olhos), otoscópios (para ouvidos), aparelhos de raio-x, dermatoscópios (para detectar lesões na pele), densitômetros ósseos e cirurgias de alta frequência. Os recursos também englobam 88 ambulâncias, 58 vans e 42 automóveis.

As rubricas para obras englobam 86 reformas e 36 construções (33 unidades básicas, dois prontos atendimentos e a sede de um Samu) em inúmeros municípios. O pacote prevê, por exemplo, ampliação no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu; reformas em pronto atendimentos de Cruzeiro do Oeste, Floresta, General Carneiro, Inácio Martins, Jandaia do Sul e Santa Cruz de Monte Castelo; e equipamentos para o Hospital Universitário de Ponta Grossa, para os hospitais de Mandaguari, Araucária, Santa Helena, e maternidade de Fazenda Rio Grande.

165 milhõesPRESENÇAS

Estiveram presentes na cerimônia o vice-governador Darci Piana; o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes; o presidente da Comec, Gilson Santos; o superintendente de Inovação da Casa Civil, Henrique Domakoski; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; os deputados estaduais Hussein Bakri (líder do Governo), Alexandre Curi, Ademar Traiano, Homero Marchese, Galo, Cobra Repórter, Jonas Guimarães, Doutor Batista, Delegado Jacovós, Wilmar Reichembach, Tercílio Turini, Marcel Micheletto, Luiz Cláudio Romanelli, Mabel Canto, Cantora Mara Lima, Gilson de Souza, Alexandre Amaro, Nelson Justus, Delegado Fernando, Márcio Pacheco, Luiz Fernando Guerra, Emerson Bacil, Anibelli Neto, Do Carmo, Artagão Júnior, Soldado Adriano José, Paulo Litro, Francisco Buhrer, Ricardo Arruda, Cristina Silvestri, Coronel Lee e Nelson Luersen; vereadores, secretários municipais de saúde e cerca de 200 prefeitos e lideranças regionais.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br