Jornal a Voz do paraná
HomeHomeCidade homeJustiça impede divulgação de pesquisa de Culestino

Justiça impede divulgação de pesquisa de Culestino

Justiça impede divulgação de pesquisa de Culestino

No fim da tarde de quarta-feira, 11, o TRE – Tribunal Regional Eleitoral do Paraná suspendeu a divulgação das 02 pesquisas eleitorais realizadas no município de Cafelândia, contratadas pelo candidato CULESTINO KIARA.

De acordo com as decisões do Tribunal, as pesquisas não apresentaram dados importantes de validade, ou seja, não cumpriram o que a Lei exige para que a pesquisa seja considerada correta. Uma das pesquisas, promovida pela empresa Véritas Planejamento e Assessoria LTDA, está impedida de continuar divulgando o resultado sob pena de ter que pagar uma multa de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais)

Toda pesquisa eleitoral, quando é registrada, deve atender diversos requisitos legais para que possa ser considerada transparente e verdadeira, e também, para permitir que os resultados divulgados sejam fiscalizados por outros candidatos e partidos.

Se não fossem as regras da lei, qualquer empresa de pesquisa poderia preencher um determinado número de papeletas e divulgar um resultado favorável para qualquer candidato.

As pesquisas amplamente divulgadas nas mídias locais, agora ganham maior repercussão, só que, de forma negativa, pois, os eleitores passam a perceber que nem toda pesquisa representa a verdade eleitoral do município.

A história das pesquisas eleitorais não confiáveis não se limita apenas ao município de Cafelândia, mas tem se espalhado por todo o Brasil, nas eleições de todos os níveis.

Os processos referentes a matéria encontram-se em trâmite no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, sob os números 0600659-19.2020.6.16.0126 e 0600726-71.2020.6.16.0000.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br