Noticias

Presidente Dilma Rousseff faz balanço dos cinco pactos

A presidenta Dilma Rousseff fez um balanço dos cinco pactos firmados após as mobilizações sociais do ano passado, durante a 42ª Reunião Plenária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social brasileiro (CDES), na quarta-feira (16), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). Sobre a Reforma Política, Dilma mencionou que este é um fator essencial para aumentar a participação popular na política, mas que é necessário engajamento. Ao falar sobre os projetos de mobilidade urbana, a presidenta afirmou que “o Brasil andou muito nesse quesito” e que o país deve “fazer todo um empenho para ter um sistema de transporte por trilho”. Dilma também mencionou as melhorias na saúde e citou os avanços no programa, “Mais Médicos”, o aumento de vagas nos cursos de medicina e a construção de postos de saúde (506 concluídos e 2091 em obras). A presidenta afirmou que os 14 mil médicos da iniciativa já atenderam mais de 49 milhões de pacientes. Além disso, até o fim de 2014, serão criadas mais seis mil vagas criadas em cursos de medicina. Ao abordar a situação da educação brasileira, Dilma citou a necessidade de melhorar o status social do professor no Brasil. “Ele (o professor) tem que ser bem pago”, disse. Em uma análise geral, a presidenta ressaltou que “temos de chegar a uma educação de maior qualidade e manter as pessoas fora da pobreza de forma permanente”. Para finalizar, Dilma exaltou o ressurgimento da indústria naval brasileira e citou o Inovar-Auto, como outro exemplo de desenvolvimento da cadeia industrial brasileira.