Noticias

Copacol investe R$100 milhões em unidade receptora

Acreditar na força do Oeste do Paraná e no trabalho da sua gente faz parte da história da Cooperativa Agroindustrial Consolata – Copacol. É este o espírito que leva a Copacol a investir cada vez mais na região, ampliando sua área de atuação e se consolidando como uma das principais forças do agronegócio do Estado. Visando concretizar a missão da cooperativa que é de gerar e distribuir renda, diversificar as propriedades, aumentar a produtividade e desenvolver economicamente a região, a Copacol irá inaugurar na segunda-feira (6), a unidade de recebimento, secagem e armazenagem de cerais em Nova Aurora, onde a tecnologia usada está entre as mais modernas do País. Oferecer mais agilidade no recebimento da produção dos associados e garantir a qualidade na secagem desses cereais que também serão utilizados na produção das rações, foram os fatores que levaram a Cooperativa a investir R$ 100 milhões na nova unidade. Com um sistema de secagem indireto por meio de placas evaporativas, considerada a tecnologia de ponta hoje do mercado, os cereais serão secados com vapor gerado por caldeiras. Por meio deste processo, a Copacol garante uma melhor qualidade na secagem do milho que será utilizado na industrialização das rações para atender as integrações de aves, suínos, peixes e leite. Após a inauguração, a estrutura já começará a receber a safra de inverno dos associados. Serão contratados neste início 30 novos colaboradores. Segundo o presidente da Cooperativa, Valter Pitol, os associados estão aumentando cada vez mais a produtividade das suas áreas, o que demanda estruturas para atendam com qualidade e agilidade os cooperados. “Planejamos e executamos os investimentos visando atender da melhor forma possível o nosso quadro social e impulsionando ainda mais o crescimento da Copacol’, afirmou o presidente. Capacidade de recebimento, secagem e armazenagem da nova Unidade em Nova Aurora Área total construída 18.900,64 m2. A unidade possui 17 silos metálicos de 9 x 3.500 toneladas + 8 x 1.500 toneladas. 02 graneleiros de 40.000 toneladas cada. Capacidade total de armazenagem de 123.500 toneladas, que (corresponde a 3.300 bitrem) Duas caldeiras de 35 toneladas / horas cada Cinco secadores de 150 toneladas / horas Três tombadores de bitrem Capacidade efetiva de secagem de milho de 80 mil sacas por dia (corresponde a 300 caminhões por dia).