Noticias

Peugeot 408 incorpora estilo e qualidade superior

A Peugeot reafirma sua estratégia de reposicionamento da marca no País e renovação de sua gama de produtos com o lançamento do 408. Com uma notável evolução de projeto, o sedã chega ao mercado amparado em quatro pilares que norteiam a concepção da marca em novos veículos: estilo marcante, em linha com a nova identidade visual da marca no mundo, qualidade superior, lista de equipamentos de série mais completa da categoria e experiência única de condução. A exemplo do 308, o novo Peugeot 408 também é fabricado no Centro de Produção de Palomar, na Argentina, e incorpora a nova identidade visual da marca, inspirada nos carros conceitos Exalt e Onix. O volume do capô se prolonga até a nova grade frontal, que possui barras cromadas e agora integra o logotipo do leão. Característicos no visual da marca e elemento que demonstra a forte personalidade do modelo, os faróis de máscara cromada estão mais afilados e tiveram o interior retrabalhado com estilo mais refinado. O novo para-choque tem acabamento na cor da carroceria e possui uma grade inferior que atravessa todo a dianteira e destaca sutilmente sua largura. A peça termina de forma elegante com um friso cromado que abriga as luzes diurnas em LED e os faróis de neblina. O conjunto melhora a segurança e traz uma assinatura luminosa marcante ao veículo. Na lateral, o novo Peugeot 408 é marcado por novas rodas de 17 polegadas. De aspecto robusto e 12 raios sólidos, tem acabamento diamantado na versão topo de gama (Griffe). A traseira mantém o ótimo equilíbrio em volume com o para-choque inteiramente redesenhado para sugerir maior elegância e dinamismo para o veículo. As novas lanternas completam a evolução da traseira: elas trazem iluminação em LED de nova geração conferindo sofisticação ao sedã, em linha com a nova identidade da Peugeot. INTERIOR DE ALTA QUALIDADE Nas pesquisas realizadas pela Peugeot junto aos consumidores, uma das qualidades mais fortemente percebidas nos modelos da Marca diz respeito ao refinamento do acabamento do interior. Os ocupantes encontram no novo Peugeot 408 todo o cuidado na escolha dos materiais e na ergonomia interna. O motorista agora dispõe de um novo volante revestido em couro, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade e com comando do rádio, que integra o limitador e o regulador de velocidade. Com a reestilização, o novo Peugeot 408 destaca a sofisticação de seu interior. O painel recebeu um quadro de instrumentos de fundo branco com novos grafismos e materiais que conferem um acabamento diferenciado ao modelo, a exemplo do black piano. A arquitetura do 408 combinada ao painel de instrumentos com forte inclinação proporciona uma ampla visibilidade externa. Esse atributo amplia a dimensão generosa do interior e proporciona o maior espaço interno da categoria para os passageiros no banco traseiro. Os passageiros desfrutam de um habitáculo de grande luminosidade, reforçado pelo teto solar, que permite a entrada de luz ambiente e torna a vida a bordo ainda mais agradável. Para maior conforto dos passageiros, o teto solar possui duas opções de abertura, total e bascular. Os ocupantes também se beneficiam do novo conjunto de suspensão, desenvolvido para entregar mais conforto em baixas velocidades, dissipando as irregularidades do piso. Essas modificações se deram com novas articulações associadas às novas calibrações nos amortecedores dianteiros e traseiros. EXPERIÊNCIA ÚNICA DE CONDUÇÃO Após a estreia no SUV compacto 2008 e a disponibilidade no novo Peugeot 308, o novo 408 recebe, também na versão Griffe, o motor turbo THP Flex de 173 cv, tornando-o um dos sedãs de melhor desempenho do segmento ao adotar a tecnologia bicombustível de injeção direta com turbocompressor. No desenvolvimento desse propulsor, buscou-se um compromisso equilibrado entre desempenho e economia de combustível. Entre as alterações necessárias para a transformação do THP a gasolina – amplamente utilizado na gama Peugeot – em bicombustível está o mapeamento do calculador (central de gerenciamento eletrônico do motor). A nova calibração foi desenvolvida especialmente para atender às condições brasileiras e a preferência dos consumidores por motores que ofereçam boas retomadas de velocidade. Com a utilização do etanol, foi necessário o retrabalho dos materiais do motor, para suportar as características deste novo combustível. A injeção direta e a utilização de uma bomba de alta pressão de 200 bar possibilitaram dispensar sistemas adicionais de aquecimento de combustível para a partida a frio. A presença de um novo sensor, de etanol, assegura a perfeita leitura do combustível utilizado para que o sistema desenvolva a estratégia adaptada às condições de rodagem. Outro destaque é a utilização de uma bomba de combustível pilotada, que se adapta às condições de utilização do motor, melhorando o desempenho e consumo. O resultado de toda essa tecnologia embarcada no motor é uma potência máxima de 173 cv a 6.000 rpm quando abastecido com etanol. O torque máximo, de 24,5 kgfm, já aparece a 1.400 rpm, permanecendo constante até 4.000 rpm. Esta característica garante grande prazer ao dirigir, com retomadas ágeis e potentes, principalmente pelo fato de 16 kgfm já estarem disponíveis logo a 1.000 rpm. Associado ao motor THP Flex, a Peugeot passa a disponibilizar a nova transmissão automática EAT6, que introduz a função “ECO”.