Noticias

Peugeot lança novos modelos no mercado brasileiro

A Peugeot não economizou nas novidades para a linha 2017 do 208. Para começar, a marca deu uma leve atualizada no visual de toda a linha, enquanto a versão de entrada ganhou o moderno motor de 1.2 litro e 3­cilindros da família Puretech. E, para completar, chega também o esportivo 208 GT. Com 173 cv de potência e câmbio manual de seis marchas, o novo 208 GT entrega visual mais arrojado com desempenho digno de um esportivo. Segundo a marca, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 7,6 segundos e a velocidade máxima chega a 224 km/h. Para oferecer a dirigibilidade compatível com o novo coração, a Peugeot aplicou vários ajustes no carro. A começar pela suspensão, que recebeu uma configuração específica voltada para a condução esportiva. As rodas de 17 polegadas são calçadas com pneus Michelin Pilot Sport 3 de perfil baixo (205/45 R17 88V). A direção elétrica também recebeu nova calibração. Já os freios ganharam discos dianteiros 17 mm maiores e 6 mm mais espessos, além de discos sólidos na traseira. Também está presente o ESP, Hill Assist e faróis com função “cornering”. A marca realizou, recentemente, um workshop a nível nacional da rede de concessionárias e, ao mesmo tempo, um treinamento sobre atendimento premium, que é o que a Peugeot hoje estabelece à todas as concessionárias em todo o Brasil. O workshop aconteceu no nordeste brasileiro e a gerente-comercial da Chanson de Cascavel, Regina Martinelli, participou do encontro trazendo detalhes do lançamento do novo Peugeot 208 GT em entrevista exclusiva ao jornal A Voz do Paraná. Leia, a seguir, a íntegra da entrevista: Jornal A Voz do Paraná – Você participou do encontro da Peugeot no nordeste e esse encontro se referiu exatamente a quê? Regina Martinelli – Foi um workshop a nível nacional da rede de concessionárias da Peugeot e, ao mesmo tempo, um treinamento sobre atendimento premium, que é o que a Peugeot hoje estabelece à todas as concessionárias à nível de Brasil. Além disso, tivemos a oportunidade de conhecer o 208 GT, um novo 208 1.2 motor novo: lançamento da Peugeot. Ele é um carro que em versões anteriores, em anos anteriores, até em seu histórico da marca existiram outros veículos turbo para ser hot hatch como ele está saindo hoje, então ele vem seguindo uma linhagem de carros mais agressivos com mais motor, mesmo assim é novo, é um lançamento nessa motorização turbo de 173cv que é o flex. Jornal A Voz do Paraná – E a Peugeot está apostando em um novo mercado para esse carro? Regina – Sim, um nicho de mercado específico para quem curte uma diversão, não somente o carro para o dia a dia, porque ele não deixa de ser um 208 com i-Cockpit com todo conforto e segurança, mas ele tem esse apelo mais esportivo realmente, câmbio seis marchas manual, então ele tem esse mercado específico e a Peugeot está apostando nesse modelo. Outro seria o motor 1.2 que ele já chega coroado o carro mais econômico do Brasil, antes mesmo dele aparecer já foi testado e ficou a frente de carros híbridos ou paralelo à eles. Se procurar os carros mais econômicos do País, ele fica acima de um híbrido e é muito interessante essa parte. Jornal A Voz do Paraná – Nós teremos novidades nos próximos dias? Regina – Nós já temos test-drive dele, está chegando aos poucos, hoje nós temos uma unidade dele na concessionária, mas esse motor 1.2, creio que será o grande bom da Peugeot em 2016 com volume de vendas e é a nossa aposta. Jornal A Voz do Paraná – Para quem foi direcionado esse encontro no Nordeste? Regina – Para toda a equipe comercial, gerentes e consultores. Era todo mundo na mesma sala, todo mundo junto que é ligado diretamente a vendas, também havia algumas pessoas do setor de qualidade, mas, especificamente, gerente de vendas e consultor de vendas. Jornal A Voz do Paraná – Qual seria a sua avaliação desse encontro, em relação a onde foi promovido e a essas apostas da Peugeot nesses veículos? Regina – Foi surpreendente. Nós chegamos a nos perguntar se em um momento desses em que o Brasil está digamos assim, em um momento tenso de mercado, a Peugeot vai e te chama para um workshop em um paraíso que é o local onde foi realizado em Fortaleza, um resort de alto nível que parecia estarmos em outro mundo paralelo ao que vivemos. Mas foi justamente isso, a Peugeot quis mostrar que a linha que ela está fazendo de veículos premium é dedicada à um certo cliente premium e esse nosso cliente vai até lá, ele estava lá, tinha cliente circulando por lá. Nós temos produtos premium, nós atendemos clientes premium e nós queremos dar esse atendimento especial para esse cliente e eles queriam nos tratar da mesma forma. Nós fomos tratados como colaboradores, como gerentes de vendas como consultores de venda também premium, nesse nível, então a Peugeot queria nos introduzir nessa nova cultura que ela está trazendo para o Brasil todo em termos de atendimento e de produto. Jornal A Voz do Paraná – Você como gerente de uma concessionária, qual a sua expectativa? Regina – É uma expectativa das melhores, nós estamos realmente passando por um momento divisor onde teremos o antes e o depois da era premium. Nós recebemos comunicados que dizem e você já mudou a sua maneira de pensar? Já está pensando de uma maneira premium como a Peugeot procura? Então, isso é cultura, nós não vamos mudar da noite para o dia. É a equipe, o atendimento, eles começaram com o produto e o que é preciso fazer logo após você ter um produto premium? Você tem que capacitar as pessoas para que elas entendam e consigam vender da mesma forma com o mesmo nível, então produto premium, equipe treinada, concessionárias passando por reformas e adequações necessárias. Jornal A Voz do Paraná – São novos tempos para a Peugeot? Regina – Novos tempos é o que estamos visualizando em curto prazo. E a Chanson está se adequando, assim como nós já temos Maringá enquadrada já, caminhando com loja nova, a Chanson Cascavel está a passos largos para se adequar. Jornal A Voz do Paraná – Como você avalia esse processo de crescimento? Regina – Nós passamos por bastantes mudanças internas e, paralelas à essas mudanças, todas da marca, tivemos também aqui em Cascavel. Tem havido evolução, estou sentindo a equipe que iniciou comigo há um ano mais madura e isso é positivo, ela vem aprendendo, crescendo e se fortalecendo junto, para acompanhar a marca, porque se você não conseguir acompanhar o resultado final não é o mesmo. Jornal A Voz do Paraná – Como você convence um cliente que entra na loja a não sair sem ter realizado uma compra? Regina – É justamente mostrando o que ele está comprando. Não está comprando só um carro, ele está comprando um pacote com custo beneficio um pacote de tecnologia com modernidade um pacote com uma qualidade realmente superior. Vai te levar do ponto A ou ponto B como qualquer outro veículo, mas com que conforto? Com que qualidade? Com que tecnologia a mais? Se você é um cliente que busca isso e quer isso, eu tenho que descobrir que cliente é esse e é por isso que a gente tem que aprender e tem que conhecer para mostrar ao cliente tudo que ele está levando a mais nesse carro, porque você está comprando um veículo da marca Peugeot que tem tudo isso a mais embarcado. Jornal A Voz do Paraná – E o cliente sai satisfeito dirigindo o premium? Regina – Ele sai satisfeito, esse é o grande x da questão. O cliente sai satisfeito adquirindo um veículo, justamente o melhor que o mercado oferece e a Peugeot está muito bem de gama, está com a gama mais moderna e renovada da sua época, do seu tempo de marca. Nós estamos com o test-drive tanto do GT, quanto o 1.2 motor “prioritech” que é o novo motor à disposição na Chanson de Cascavel.