Noticias

Iveco exibe linha 2017 com novas versões e potências

Mesmo em meio a toda crise política e econômica que o Brasil enfrenta, a Iveco aposta na recuperação do mercado e apresentou na semana passada sua linha 2017 de caminhões leves, semipesados e pesados, micro-ônibus e comerciais leves. As novas versões nas linhas Daily, Tector, Stralis e Hi-Way evoluíram para atender ainda mais as necessidades dos clientes. LINHAS STRALIS E HI-WAY No segmento de pesados, os destaques são: Stralis 440 e Hi-Way 440 e 480. Essas versões evoluíram a partir de pesquisas realizadas com os clientes da marca. Com o apoio da FPT Industrial, a Iveco desenvolveu um pacote de modificações técnicas que aumentou significativamente o torque e a economia de combustível dos modelos. Essas mudanças contemplam a nova turbina, o novo coletor de escape, o novo volante do motor e o aumento da eficiência do sistema de arrefecimento, além de uma nova calibração geral de motor e caixa. Com o maior torque dos motores, o desempenho dos caminhões melhorou permitindo, por exemplo, retomadas mais eficientes e resultando em menor tempo médio de viagem e maior produtividade. Além disso, na linha Hi-Way, o cliente conta agora com o ‘modo econômico’, acionado através da tecla ECO no painel, contribuindo para um melhor consumo de combustível. LINHA DAILY A novidade é a versão 40S14, que estreia com a missão de atender os clientes em regiões fora das zonas de restrição e, até mesmo, em cidades que restringem a circulação de veículos acima de quatro toneladas. O modelo conta com o motor de três litros da FPT Industrial, com 146cv de potência, que alia economia e desempenho. O propulsor soma-se ao já conhecido conforto, que proporciona ao motorista, versatilidade para atender diversas demandas do segmento, e à força que a linha Daily dispõe para o trabalho. Seja em operações de entrega urbana, ou no crescente mercado de Food Trucks, o veículo mantém seu status de grande estrela do segmento no Brasil. LINHA TECTOR A linha Tector foi ampliada com novas versões para potencializar as possibilidades do modelo no setor de semipesados, um dos maiores da indústria, que representa cerca de 30% do total do mercado. Dentro dos semipesados, o segmento com tração 4x2 e 17 toneladas de PBT representa 25%. Já os modelos com tração 6x2 e 23 toneladas de PBT representam cerca de 50%. Os veículos 8x2 ocupam 10% do segmento, enquanto os 6x4 e outras opções fecham o restante. VOCACIONAIS A linha Tector 2017 também passa a contar com uma série de versões especiais, voltadas para atuações específicas de mercado, que representam uma fatia de 29% de participação no segmento de semipesados. Os veículos estão em testes com clientes.