Cidades

Paranhos quer levar modelo vitorioso do agronegócio aos municípios brasileiros.

Respondendo pela vice-presidência da FNP (Frente Nacional de Prefeitos) desde o dia 20 de maio, o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, quer aproveitar essa destacada posição no cenário para alto além de lutar pela aceleração da imunização da população dos municípios filiados à entidade, que são 412, todos com mais de 80 mil habitantes, e juntos reúnem  61% dos habitantes e 74% do PIB do País.

“O Paraná é uma das melhores referências do agronegócio brasileiro, maior produtor de alimentos no mundo e vai se constituir num hub logístico da América do Sul, o que leva em conta toda a estrutura do setor que se consolida ano a ano. Entre as 15 maiores cooperativas do país, 10 são paranaenses, responsáveis pela criação de 118 mil empregos”, diz Paranhos, que pretende levar a expertise paranaense a esses municípios brasileiros.

Ele destaca a importância dos incentivos e do fomento para que a criação de novos empregos possa alcançar todos setores econômicos da sociedade. A Confederação da Agricultura e Pecuária aponta que o segmento agro exportou em 2020 17,5% a mais do que em 2019. Ainda conforme a pesquisa do IBGE de 2015, um a cada três trabalhadores brasileiros atua no setor. Por fim, 43% das exportações nacionais em 2019 foram de produtos agrícolas, impulsionando o comércio internacional. “Essa pujança deve alcançar boa parte das cidades brasileiras através de ações articuladas entre as prefeituras e os governos estadual e federal. Esse será o foco do nosso trabalho na FNP”, completou Paranhos.