Cidades

Compras públicas: Cascavel vira inspiração a país asiático

Fruto de uma parceria entre a administração municipal e a iniciativa privada, há quase quatro anos Cascavel conta com uma ferramenta que ajudou a transformar a realidade das licitações públicas da Prefeitura. O Escritório de Compras Públicas, que funciona na Acic, tem permitido grande economia milionária de recursos públicos e já vem sendo usado como modelo pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

E a ideia tem agradado tanto que nesta sexta-feira (11) vai ser apresentada em uma conferência online com participação de autoridades do Timor-Leste, um país localizado no Sudeste da Ásia. A conferência terá como base a cidade de Díli por iniciativa do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento).

“A primeira ação do prefeito Paranhos foi editar um decreto com os princípios desta administração como o combate à corrupção, ao desperdício, e também na transparência e, com base nesta premissa, a primeira ação que fizemos foi transmitir as licitações ao vivo, porque tínhamos questionamentos sobre os processos licitatórios. Ao fazer a transmissão fizemos através das redes sociais e, hoje, Cascavel é exemplo para o Paraná e outros Estados”, relata o secretário de Planejamento e Gestão, Edson Zorek.

MAIS CONCORRÊNCIA

A partir de 2017, os pequenos empresários passaram a ter uma fatia deste segmento.  Resultado: mais empresas passaram a participar, elevando a competitividade e, por consequência, gerando mais economia. Como resultado o Município vem poupando desde então aproximadamente R$ 100 milhões por ano. (Foto: Divulgação Acic)