Meio Ambiente

Em meio ao caos hídrico, Stemac registra aumento na procura por soluções de autonomia energética

Em meio a uma possível crise hídrica, com um apagão previsto para o segundo semestre de 2021, investir em grupos geradores para garantir a autonomia energética e assegurar a disponibilidade do sistema de geração de energia tornou-se ainda mais necessário. Tanto que a Stemac, maior especialista nacional na fabricação e comercialização de grupos geradores, registrou um aumento de 35% em demandas nos últimos 60 dias.

Em 28 de maio, parte do País ficou sem energia por conta de um problema causado pela usina de Belo Monte. Além disso, com a previsão de um período seco mais rigoroso, a agência reguladora do setor precisou acionar a bandeira vermelha patamar 2, uma vez que o cenário de reservatórios reduzidos desfavorece a produção de energia pelas hidrelétricas.

Com isso, a tarifa de energia elétrica para o consumidor final sofreu um acréscimo de R$ 6,24 a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos. O aumento deve afetar o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), que registrou, no primeiro trimestre do ano, alta de 1,2% em relação ao último trimestre de 2020. Os mais otimistas já esperavam um crescimento econômico acima de 5% em 2021. Entretanto, o risco é de que a expansão da atividade seja mais tímida, se a falta de chuvas se prolongar e a pandemia exigir mais restrições.

Prestadoras de serviços indispensáveis, como hospitais, supermercados e farmácias, além de empresas, shoppings, indústrias e até os condomínios residenciais, com o “home office” imposto pela pandemia, podem evitar grandes transtornos ao garantirem o abastecimento constante de energia elétrica.

A Stemac oferece soluções eficazes e imediatas, capazes de garantir energia sem interrupção, principalmente para os serviços essenciais, garantindo o pleno funcionamento das atividades durante 24 horas.

“Em momentos assim, as empresas e consumidores em geral anseiam por soluções energéticas mais eficientes, seguras e que ajudem a reduzir despesas”, explica Valdo Marques, Vice-Presidente Executivo da Stemac.

A empresa tem inovado constantemente na oferta de seus serviços, investindo em tecnologia de ponta. Dessa forma, especializou-se em produtos desenvolvidos para os mais diversos segmentos do mercado, abrangendo diferentes níveis de necessidades.

É o caso da linha Minigen, disponível em 24 e 32 kVA. A solução é compacta e silenciosa não requer obras de instalação, sendo a opção ideal para proteger empresas ou condomínios de quedas ou grandes períodos de falta de energia, pois tem autonomia para fornecimento de energia por até cinco horas, sem necessidade de reabastecimento.

Já para cargas críticas, em locais onde é imprescindível a alimentação de energia contínua e ininterrupta, a linha Duogen torna-se uma opção segura e moderna, pois conta com dois grupos geradores em um mesmo container, proporcionando maior flexibilidade, funcionando um como emergência do outro, ou em paralelo, compondo uma geração de 1000kVA a 1500kVA.

Entre os grupos geradores a gás, as linhas foram projetadas pensando na praticidade e na segurança. Todos os equipamentos fabricados pela Stemac podem ser controlados manualmente ou de forma automática, permitindo a alternância dos principais parâmetros e grandezas elétricas.

“Desenvolvemos diversos sistemas de controle e proteção que tornam a usabilidade mais eficaz, além de auxiliar o cliente na redução do consumo energético”, complementa Marques.

O Vice-Presidente ressalta que os geradores a gás funcionam com diversos tipos de gases, como o natural ou o gás de aterro sanitário e tratamento de efluentes, por exemplo, sendo de grande confiabilidade e com baixas emissões atmosféricas.

Sistemas de monitoramento e controle

As soluções em sistemas de geração de energia da Stemac de baixa e média tensão foram criadas com tecnologia avançada, que incluem controles microprocessados integrados.

Empresas das mais diversas modalidades poderão optar pelo STR (Sistema de Transferência em Rampa), cuja tecnologia atua para garantir utilização em horário de pico, sem riscos de interrupção de energia; ou pelo PPR (Paralelismo Permanente com a Rede), para garantir que a manutenção da demanda não exceda o valor definido.

Entre as principais inovações do setor, a Stemac destaca o investimento em aplicativos de supervisão e sistemas de controle dos grupos de geradores, facilitando a monitoração de grandezas elétricas e térmicas.

As ferramentas mais modernas podem ser utilizadas em dispositivos diversos, até mesmo em tablets e smartphones, permitindo controle em tempo real. Além dessas vantagens, os sistemas desenvolvidos pela companhia realizam o mapeamento com locais estáticos e criam alertas automáticos, ampliando a segurança.

Marques destaca ainda que tais recursos são constantemente atualizados no sentido de acompanhar as diferentes demandas do mercado. “Todos os sistemas desenvolvidos na Stemac são frutos do investimento contínuo em tecnologia e da busca constante pelo aperfeiçoamento ao longo dos 70 anos da empresa, tendo em mente as necessidades particulares de cada cliente”, finaliza.

 

Sobre a Stemac

Maior especialista nacional na fabricação e comercialização de grupos geradores, a Stemac projeta e executa soluções em energia através da maior estrutura de atendimento do segmento.

Com organização própria distribuída estrategicamente em 24 estados do país, a empresa oferece acompanhamento integral em projeto, fabricação, instalação, peças e serviços. E mantém parcerias internacionais que garantem a qualidade e a permanente atualização tecnológica dos seus produtos.

A Stemac foi a primeira empresa brasileira do setor a obter a certificação ISO 9001, em 23 de outubro de 1998. A certificação é assegurada através de sistemáticas auditorias realizadas pelo principal órgão certificador do Brasil, o BVC (Bureau Veritas Certification), atendendo aos mais rigorosos princípios de Gestão da Qualidade.