Política

Auxílio Emergencial, Gov.br e Pix são eleitas como as melhores iniciativas digitais do Governo do Brasil

Auxílio Emergencial, Gov.br e Pix são as três melhores iniciativas digitais do governo, segundo o voto popular do Prêmio iBest 2021. Além da votação aberta aos brasileiros, a Academia iBest também elegeu os Top3 pelo enfoque técnico, que são Carteira Digital de Trânsito, Pix e Poupatempo São Paulo. A votação popular para a escolha do vencedor começa agora e irá até o dia 24 de outubro, no site premioibest.com.

 

A premiação deixa claro como a digitalização facilitou uma série de serviços governamentais, e que os canais oferecem a funcionalidade necessária. Na escolha popular destacam-se o Auxílio Emergencial, lançado temporariamente pela Caixa durante a pandemia, além do Gov.br, que unificou e simplificou a forma que o brasileiro interage com grande parte dos serviços públicos, e o Pix, pagamento instantâneo brasileiro que se popularizou rapidamente. Já na Academia, somam-se a Carteira Digital de Trânsito e o Poupatempo São Paulo, vencedores em 2020, o primeiro por voto popular e o segundo pelo júri oficial.

Acesse o site para saber mais sobre cada finalista.

“Independentemente à qualquer diferença de visão sobre caminhos do governo brasileiro hoje, é incontestável que o uso da tecnologia tem sido muito bem aplicado na oferta de novos serviços e funcionalidades para a população. O sucesso estrondoso do Pix, o desafio da implementação bem-sucedida do Gov.Br e a importância do App de Auxilio Emergencial são exemplos de que o Brasil continua a ser referência em tecnologia” afirma Marcos Wettreich, fundador e CEO do prêmio. “É impossível prever qual será eleito o melhor do país pelos brasileiros, mas todos com certeza merecem a distinção”, completa.  

 

Os vencedores serão divulgados entre 08 e 12 de novembro e poderão utilizar por um ano a certificação de excelência iBest, que, diferentemente de outras premiações, tem sua seleção baseada em algoritmo próprio que pesquisa e quantifica milhares de iniciativas, apontando matematicamente os destaques de cada segmento. Em 2021, o iBest projeta mais de 10 milhões de votos únicos ao longo da edição.

 

Da esquerda para direita: Frederico Carneiro, Diretor Geral - Denatran e Gileno Barreto, Presidente - Serpro, representantes da Carteira Digital de Trânsito, vencedora em Governo 2020 pelo júri popular.

 

História

 

O iBest foi realizado pela primeira vez em 1995 e aconteceu até 2008, período em que foi não somente o maior prêmio da internet do Brasil, mas também do mundo. Em 2003, foi adquirido pela Brasil Telecom (atualmente Oi). Em 2020, Marcos Wettreich assumiu, novamente, o controle da marca e relançou a premiação, ampliada e focada em todo o universo digital composto por sites, apps, e as redes sociais Youtube, Tiktok, Twitter, Linkedin, Twitch, Facebook e Instagram.