Cidades

Prefeita Karla Galende autoriza construção de barracão da Acaresti

“Esse é um compromisso que estamos dando sequência e que vai contribuir com o trabalho e a qualidade de vida dos catadores, graças a esse olhar sensível da nossa grande parceira Itaipu Binacional. Essa é uma reivindicação dos trabalhadores do qual estamos felizes em poder atender”. Foi assim que a prefeita Karla Galende autorizou na manhã de sexta-feira (24), a ampliação do barracão da Associação de Catadores de Resíduos Recicláveis e/ou Reaproveitáveis de Santa Terezinha de Itaipu (Acaresti). 
O investimento que prevê a ampliação do barracão em 300 metros quadrados vai contribuir ainda mais com o trabalho realizado pelos catadores e garantir o armazenamento adequado dos rejeitos, fazendo com que não fiquem expostos ao tempo. 
Para Maria Cristina dos Santos, que trabalha na Acaresti desde o início das atividades, a ampliação do barracão é um marco para todos os catadores. “Os materiais ficavam expostos ao sol e a chuva e isso e dificultava o nosso trabalho.  Estávamos ansiosos esperando essa cobertura e agora com esse investimento vai ser tudo de bom. Na verdade, para nós é uma vitória”. 
A trabalhadora Soeli da Silva falou sobre a alegria em ver o crescimento da Acaresti.  “Me sinto feliz e realizada em trabalhar na Acaresti. Foi graças ao meu trabalho aqui que pude realizar o sonho da casa própria. E hoje, com mais esse investimento, as condições de trabalho só melhoram e estou me sentindo mais realizada”, disse Soeli. 
Para ampliação do barracão que deve ter início na próxima semana, serão investidos R$ 118,843,04, com recursos provenientes do convênio firmado entre o poder público e Itaipu Binacional. 
Acaresti 
Atualmente, a Acaresti é a terceira empresa do município que mais gera emprego no Distrito Industrial e a maior na região quando o assunto é a coleta seletiva. Além disso, ao longo dos anos, a Associação tornou-se referência para os demais municípios, estados e países do exterior. 
A destinação correta dos resíduos sólidos, bem como a separação adequada dos materiais recicláveis em parceria com a população fez Santa Terezinha de Itaipu despontar como o 3º município mais sustentável da região Oeste, 10ª no estado do Paraná e 102º no ranking nacional das cidades brasileiras.