Cidades

Governo do Estado libera obra em Santa Terezinha de Itaipu

O trânsito na pista superior da nova trincheira da BR 277, em Santa Terezinha de Itaipu, foi liberado, após o deslocamento da rede de alta tensão que atravessa a trincheira, sendo esse um dos motivos que impediam a liberação da via.
Com a reabertura das pistas, a EcoCataratas e a Polícia Rodoviária Federal, realizaram o bloqueio obrigatório do retorno de acesso ao Distrito Industrial, na BR 277, sentido Foz do Iguaçu/Cascavel, trecho perigoso e com elevado índice de acidentes registrados nos últimos anos. Segundo as normativas vigentes e pertinentes do Manual de Acesso de Propriedades Marginais a Rodovias Federais – IPR728 DNIT, não podem haver retornos com espaçamento inferior a 500 metros da trincheira na rodovia.
Próximas etapas da obra
Nos próximos dias, ocorrerão as obras finais com os serviços de recapeamento da marginal na Avenida Adolpho Lollato, finalização da passagem inferior da trincheira e iluminação na marginal da Avenida 3 de Maio. Com isso, os retornos em frente ao Supermercado Lar e o retorno localizado em frente ao SAU, também serão bloqueados em atendimento à legislação vigente.
Investimento
A obra contou com investimento orçado em quase oito milhões de reais, recurso fruto de convênio com o governo do Estado.
O investimento faz parte de um conjunto de obras que integram o anel viário e visam transformar Santa Terezinha de Itaipu referência em mobilidade urbana, garantindo melhores condições de trafegabilidade, segurança e conforto para os usuários. A trincheira também vai interligar os bairros Santa Mônica, Parque dos Estados e Loteamento São Lourenço.