Cidades

O título de 4º maior gerador de empregos do paraná está com Foz do Iguaçu

O recorde de geração de empregos do ano de 2021, registrado em setembro, já foi superado no mês de outubro. No décimo mês do ano, Foz do Iguaçu teve 3.096 admissões e 2.351 desligamentos, resultando no saldo de 745 novas oportunidades de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), publicado nesta terça-feira (30) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

Em setembro, foram 719 novos empregos. Para Foz, outubro é o sexto mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos em 2021. No acumulado do ano, a cidade contabiliza 25.014 admissões e 22.062 desligamentos, totalizando acréscimo de 2.952 profissionais ao mercado de trabalho.

De acordo com o prefeito Chico Brasileiro, a sequência positiva é reflexo da retomada da economia, principalmente setor de serviços, que continuará fortalecida com a alta temporada do turismo. “A retomada econômica de Foz do Iguaçu tem sido muito acelerada e os ótimos números de visitação dos últimos feriados contribuíram com a movimentação do comércio e dos serviços. Podemos esperar para os próximos meses números ainda melhores, isso porque Foz do Iguaçu já se demonstrou um destino seguro, com quase 100% da população vacinada com as duas doses da vacina”. 

No estado do Paraná, o município foi o quarto que mais gerou novos empregos. Também estão entre as principais geradoras de emprego durante o mês as cidades de Curitiba (3.645), Maringá (1.064), Londrina (959), Cascavel (563), Toledo (482), Pinhais (409), São José dos Pinhais (404), Matelândia (341) e Guarapuava (328). Dentre os demais municípios, 17 tiveram saldo zero e outros 118 apresentaram saldo negativo.

Serviços em alta

O setor de serviços, que inclui hotelaria, restaurantes e atrativos turísticos, é o que mais registra contratações. Somente no mês de outubro foram criadas 560 vagas de trabalho. Na sequência estão os segmentos do comércio (124), construção (40) e indústria (22). 

O diretor da Agência do Trabalhador de Foz do Iguaçu, Luciano Castilha, destaca que o município tem trabalhado continuamente para facilitar e promover cada vez mais  contratações. “Notamos uma grande procura dos serviços da Agência do Trabalhador nesse período por parte dos empresários, chegamos a ter 340 vagas disponíveis em apenas um dia”, conta