Esporte

Stock Car: O campeonato pode ter um campeão inédito ou um tetracampeão

Hora da definição do campeão de 2021 da Stock Car Pro Series. O circuito de Interlagos, em São Paulo (SP), recebe 100% de sua capacidade de público para acompanhar a 12ª e última etapa da temporada com três pilotos reunindo chances de título. A largada para as duas corridas finais do ano acontece às 13h40 deste domingo (12) com transmissão ao vivo da Band, canais SporTV e pelas redes sociais da Stock Car e do jornal Estadão.

A principal categoria do automobilismo brasileiro poderá ter um novo tetracampeão ou um campeão inédito. Daniel Serra, dono de três títulos, tem a chance de superar a marca de seu pai, o também tricampeão Chico Serra (1999, 2000 e 2001), e se igualar a outro tetracampeão da Stock Car, Paulo Gomes (1979, 1983, 1984, 1995). A categoria ainda tem Cacá Bueno com cinco títulos e Ingo Hoffmann com 12. Entre os três postulantes, dois somam várias vitórias mas ainda não conquistaram a glória máxima – o líder Gabriel Casagrande e o terceiro colocado, Thiago Camilo.

A última vez que a Stock Car teve um campeão inédito foi em 2017, na primeira conquista de Serra e encerrando uma sequência de campeões inéditos que vinha desde 2014 com Rubens Barrichello, Marcos Gomes (2015) e Felipe Fraga (2016). Em 2020, Ricardo Maurício também passou a ser tricampeão da categoria.

Gabriel Casagrande, Daniel Serra e Thiago Camilo estão separados por 56 pontos, que é exatamente a quantidade máxima que um piloto pode acumular em um final de semana de corrida. E é rigorosamente do que precisa Thiago Camilo, terceiro colocado na tabela com 280 pontos, para se sagrar campeão.

Sua missão, no entanto, é das mais difíceis. Ele precisa fazer a pole position no sábado (11), o que lhe garante dois pontos, vencer as duas corridas do domingo e torcer para que nem Casagrande e nem Serra pontuem. O piloto da Ipiranga A-Mattheis, no entanto, promete lutar enquanto houver chances – e ele lembra o feito de Ricardo Maurício na nona etapa, em Goiânia, quando o tricampeão fez exatamente o mesmo na etapa realizada no circuito externo: fez a pole e venceu as duas provas, tendo sido o primeiro piloto na história da Stock Car a registrar tal feito.

Daniel Serra tem três títulos consecutivos da Stock Car (2017, 2018 e 2019), foi vice em 2020 e está 25 pontos atrás do líder, somando 311. Dono de apenas uma vitória no ano, justamente na abertura da temporada, o piloto da Eurofarma-RC tem apostado na regularidade, constantemente terminando corridas entre os dez primeiros.

Gabriel Casagrande, com 336 pontos, começou sua arrancada na disputa justamente na etapa de Interlagos, que foi a segunda da temporada. Na ocasião, ele chegou para a etapa na décima posição da tabela, com 26 pontos, enquanto o líder Serra somava 44. O piloto da A.Mattheis-Vogel venceu duas provas no ano, uma delas em Interlagos, e assim como seu adversário, andou constantemente entre os primeiros colocados – e várias vezes próximo do rival. Casagrande assumiu a liderança após a nona etapa, em Goiânia.

Os treinos livres acontecem a partir das 8h10 e 11h20 da manhã de  sábado (11) com a classificação para definição do grid às 15h50; no domingo (12) a largada para a primeira prova acontece às 13h40 e a segunda às 14h20. A prova final do campeonato terá transmissão ao vivo de Band, canais SporTV, YouTube oficial da Stock Car, Autovídeos e pelas mídias sociais do jornal O Estado de S. Paulo.

A FRAS-LE e a FREMAX são as fornecedoras oficiais de pastilhas e discos de freio da categoria, respectivamente, e trabalham em conjunto com as todas as equipes do grid para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência e confiabilidade. A Fremax é a fornecedora dos discos desde 2004 e a Fras-le, desde 2016.

As expectativas dos finalistas

1. Gabriel Casagrande, A.Mattheis Vogel, Chevrolet Cruze, #83
336 pontos, 2 vitórias
“A expectativa é das melhores. Uma vantagem de certa forma grande, mas sei que não tem nada garantido. Mantenho os pés no chão. Tem muita coisa para ser feita. Vou tentar fazer o que tenho feito durante o ano, que é marcar o maior número possível de pontos para não correr nenhum risco; manter essa vantagem na tabela para ter um final de campeonato muito bacana”.

2. Daniel Serra, Eurofarma-RC, Chevrolet Cruze, #29
311 pontos, 1 vitória
“Feliz em chegar disputando o título mais uma vez, é o quinto ano seguido que chegamos em condições e obviamente queremos fechar a temporada com chave de ouro. Temos trabalhado para melhorar algumas coisas, mas não dependemos somente dos nossos resultados. O foco é trabalhar no que podemos controlar e esperar o resultado final. Vamos fazer tudo o que pudermos ”.

3. Thiago Camilo, Ipiranga-A.Mattheis, Toyota Corolla, #21
280 pontos, 4 vitórias
“Ganhar o título é praticamente impossível, mas não é impossível, já que o Ricardo Mauricio, esse ano, já conseguiu uma pole e duas vitórias em um fim de semana. Enquanto houver uma chance a gente vai lutar muito. Enquanto houver 0,01% de chance, a gente vai lutar muito, como sempre lutamos. Eu tenho que fazer a pole no sábado (para levar dois pontos). O mais importante vai ser terminar em alta, vencendo, como aconteceu nas duas últimas etapas, e acabar bem em 2021 e ir com ainda mais vontade em 2022”.

A pista de Interlagos na ótica da FRAS-LE & FREMAX
“Com 4.309 metros de extensão e seu trajeto anti-horário, Interlagos possui alguns dos mais famosos e desafiantes traçados do automobilismo mundial, com  13 curvas e um desnível de 56 metros no ponto mais alto (curva do S do Senna) e o mais baixo na Curva do Lago ao final da Reta Oposta. Além de uma frenagem bastante forte no final da reta dos boxes entrando na curva do S do Senna”.
(André Brezolin, engenheiro de projeto FRAS-LE & FREMAX)


12ª Etapa – Stock Car Pro Series 2021 - FINAL
SÃO PAULO (SP)
Autódromo Internacional José Carlos Pace
INTERLAGOS
Extensão: 4.309 metros
Sentido: anti-horário
Curvas: 13 (4 à direita e 9 à esquerda)
Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Abrasividade do asfalto: 4
Força lateral: 4
Nível de exigência dos freios: 4
Pneu mais exigido: traseiro direito
Inauguração: 1940
Previsão climática: Mínima de 19ºC e Máxima de 28ºC, podendo ocorrer episódios de chuva no decorrer do dia
Vencedores em 2021: Gabriel Casagrande e António Félix da Costa.
*O Autódromo de Interlagos recebeu a segunda etapa da temporada 2021 da Stock Car.

PROGRAMAÇÃO DA ETAPA:
Sábado, 11 de dezembro
08h10: Stock Car (1º Treino Livre)
11h20: Stock Car (2º Treino Livre)
15h55: Stock Car (Classificação)
Domingo, 12 de dezembro
13h40: Stock Car (Corrida 1 – 30 minutos + 1 volta)
14h00: Stock Car (Corrida 2 – 30 minutos + 1 volta)

Classificação do campeonato (Top-10)
1º - Gabriel Casagrande – 336
2º - Daniel Serra – 311
3º - Thiago Camilo – 280
4º - Rubens Barrichello – 279
5º - Ricardo Zonta – 277
6º - Ricardo Maurício – 264
7º - Cesar Ramos – 244
8º - Allam Khodair – 239
9º - Átila Abreu – 231
10º - Diego Nunes- 215

Pilotos que já venceram em 2021
Goiânia: Daniel Serra e Ricardo Maurício
Interlagos: Gabriel Casagrande e António Félix da Costa
Velocitta: Gabriel Casagrande e Lucas Foresti
Velocitta: Rubens Barrichello e Ricardo Zonta
Cascavel: Thiago Camilo e Átila Abreu
Curitiba (misto): Ricardo Maurício e Thiago Camilo
Curitiba (externo): Rafael Suzuki e Átila Abreu
Goiânia (misto): Rubens Barrichello e Ricardo Maurício
Goiânia (externo): Ricardo Maurício em ambas
Velocitta: Guilherme Salas e Thiago Camilo
Santa Cruz do Sul: Thiago Camilo e Ricardo Maurício


Sobre a FRAS-LE:

No mercado há mais de seis décadas e uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le, que faz parte das Empresas Randon, é uma marca reconhecida globalmente. Com mais de 12 mil referências  nas marcas FRAS-LE & Lonaflex, a empresa coloca ao alcance do consumidor uma linha completa de produtos de fricção da mais alta qualidade, desenvolvidos e testados em seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos  mais bem equipados do mundo, que conta com laboratórios químico, físico, piloto e o Centro Tecnológico Randon, um centro de testes por excelência.

A empresa expandiu seu portfólio com a aquisição, em 2012, da Controil, que fabrica componentes para freios e embreagens e polímeros automotivos. Em 2018, mais 2.500 referências com a marca FREMAX foram incorporadas ao mix de produtos da FRAS-LE, com a aquisição da empresa, que produz discos, tambores de freios e cubos de roda.  

Desde 2016, a Fras-le é a fornecedora oficial das pastilhas de freio dos carros da Stock Car, Stock Light e Mercedes-Benz Challenge.  A FREMAX, desde 2004,  também é a fornecedora oficial dos discos de freio da Stock Car,  assim como das categorias Stock Light, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Sprint Race e Old Stock.

Recentemente, a FRAS-LE concluiu a aquisição da Nakata Automotiva que, dentre os principais itens estão amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, pivô e bandejas de suspensão, juntas homocinéticas, componentes de eixos cardan e diferencial.