Jornal a Voz do paraná
HomeHomeAgronegócio homeRecomendações inéditas promovem recuperação do cafeeiro após poda

Recomendações inéditas promovem recuperação do cafeeiro após poda

Recomendações inéditas promovem recuperação do cafeeiro após poda

Pela primeira vez, cafeicultores do bioma Cerrado contam com recomendações técnicas para o manejo da lavoura após a recepa, a poda drástica aplicada em cafés arábica para recuperar a produtividade ou uniformizar as plantas. Um experimento desenvolvido pela Embrapa Cerrados (DF) por cinco anos conseguiu determinar parâmetros importantes para a recuperação do desempenho agronômico e produtivo dos cafeeiros. Os cientistas descobriram que a irrigação e a aplicação anual de 300 kg por hectare (ha) de fosfato são ideais para essa recuperação. Durante a pesquisa, as plantas que receberam o tratamento produziram grãos de boa qualidade química, atestada pelos teores de açúcares e proteínas encontrados.

Até então, não havia uma recomendação específica para o manejo da adubação fosfatada e da irrigação para o cafeeiro recepado. O problema é que, devido à escassez de nutrientes no perfil do solo do Cerrado, principalmente o fósforo, fundamental para o crescimento e a reprodução das plantas, raramente os cafeeiros irrigados na região, que têm alta exigência nutricional, recuperam o potencial de produção e de qualidade de grãos após a recepa. Além disso, o transporte do fósforo no solo e a absorção pela planta envolvem níveis diferenciados de umidade.

Responsável pelo estudo que avaliou diferentes formas de adubação fosfatada de manutenção e manejos hídricos, o pesquisador Adriano Veiga observou que as plantas retomaram melhor o crescimento vegetativo e produção de grãos no tratamento com 300 kg/ha de fosfato aplicados em superfície e irrigação com uso estresse hídrico controlado. Ele aponta que a estratégia de manejo de adubação fosfatada e de irrigação recomendada para o cafeeiro recepado, a partir desses resultados, coincide com a prática já adotada pelos produtores para as plantas adultas em diferentes áreas.

Leia esta análise/divulgação na íntegra na página da Embrapa Cerrados, do Observatório do Café e do Consórcio Pesquisa Café.

Conheça também o Portfólio de tecnologias do Consórcio pelo link http://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/publicacoes/637 e também acesse todas ANÁLISES e notícias da cafeicultura.

Rate This Article

avozdoparana@jornalavozdoparana.com.br